Usuários enfrentam mais dificuldades

O movimento consistirá, segundo Mário Lins, no adiamento de consultas e cirurgias eletivas.

 

Usuários do plano de saúde Sul América estão enfrentando dificuldades na hora de realizar uma consulta com otorrinos e ortopedistas credenciados. Uma das queixas é que os médicos só estão aceitando atender através de reembolso. Ou seja, o paciente paga a consulta como se fosse particular e solicita o reembolso pela operadora. No entanto, isso tem uma explicação.

O diretor do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e presidente da comissão estadual de honorários médicos, Mário Fernando Lins, explica que a categoria está negociando com a operadora reajuste nos honorários e, em caso de negativa, um movimento de paralisação será feito.

O movimento consistirá, segundo Mário Lins, no adiamento de consultas e cirurgias eletivas. Mas garante: a categoria não tem intenção de prejudicar os pacientes, por isso vai manter o atendimento de emergência, urgência e oncológico. Na opinião da presidente da Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps), Renê Patriota, a condição posta aos consumidores é inadequada e o movimento da categoria não deveria atrapalhar a vida dos beneficiários.

“Acho justa a reivindicação da classe, mas o contrato tem que ser cumprido. O usuário não pode ser prejudicado”, pontuou e citou, ainda, que a medida mais correta deveria ser a suspensão do credenciamento dos médicos com a operadora.

A empresa Sul América foi procurada pela reportagem, mas não respondeu até o fechamento deste edição. Mário Fernando Lins acredita que “a operadora está aberta a negociar”. Segundo ele, representantes da Sul América estão se reunindo com a categoria para chegar a um consenso em relação ao ajuste. “No caso dos ortopedistas, o ajuste sugerido por eles não foi aceito pelo sindicato. Estamos esperando que, na próxima segunda-feira, voltemos a analisar a contraproposta”, explicou. No caso dos otorrinos, a negociação foi ontem. “Até agora não tivemos resposta, mas se não houver consenso continuaremos negociando”, informou.

 

Veja também

Governo oferece reforma tributária contra derrubada de veto a desoneração
Reforma Tributária

Governo oferece reforma tributária contra derrubada de veto a desoneração

Novo site simplifica adesão ao acordo dos planos econômicos
Economia

Novo site simplifica adesão ao acordo dos planos econômicos