Vale registra prejuízo no segundo trimestre por tragédia de Brumadinho

Somente no primeiro trimestre, o prejuízo para a empresa que é a maior produtora mundial de minério de ferro foi de 6,4 bilhões de dólares

ValeVale - Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP

A mineradora Vale registrou no segundo trimestre um prejuízo de 384 milhões de reais, em seu segundo exercício negativo consecutivo devido à tragédia que em janeiro deixou 270 mortos e desaparecidos em Brumadinho.

A companhia teve que destinar 8,37 bilhões de reais suplementares para reparos e medidas preventivas em outras minas, destaca um comunicado. No primeiro trimestre, o prejuízo do maior produtor mundial de minério de ferro foi de 6,4 bilhões de dólares.

Leia também:
Tragédia de Brumadinho comove bombeiros que trabalham no resgate
Sobreviventes de Brumadinho aguardam indenização da Vale
Acordo entre Vale e MPT indenizará famílias de vítimas de Brumadinho


O Ebitda ajustado do segundo trimestre foi de 3,098 bilhões de dólares, diante de um déficit (o primeiro de sua história) de 652 milhões no primeiro trimestre. Apesar da melhora, o resultado é 20% inferior ao do segundo trimestre de 2018.

O relatório enumera as medidas de reparação e prevenção adotadas pela Vale em suas instalações desde a tragédia de Brumadinho, quando o rompimento de uma barragem - no dia 25 de janeiro - gerou um tsumami de 13 milhões de metros cúbicos de lama e resíduos de mineração que deixou 248 mortos e 22 desaparecidos.

Veja também

TJPE libera realização de provas de Concurso Público em Gravatá
Justiça

TJPE libera realização de provas de Concurso Público em Gravatá

Carrefour anuncia que vai deixar de usar seguranças terceirizados
Serviço nas lojas

Carrefour anuncia que vai deixar de usar seguranças terceirizados