Reajuste

Valor do reajuste do benefício do INSS é divulgado

O percentual pode variar caso o segurado tenha começado a receber o benefício a partir de fevereiro de 2021

Previdência SocialPrevidência Social - Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Os índices de reajustes dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram publicados ontem no Diário Oficial da União. O reajuste dos benefícios a partir de 1º de janeiro de 2022 será de 10,16% para aposentados e pensionistas que recebem acima do salário mínimo. Assim, o valor máximo desse benefício fica em R$ 7.087,22. O teto estava em R$ 6.433,57.

O percentual desse reajuste para aposentados e pensionistas que recebem acima de um salário mínimo é calculado pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Já para quem recebe o benefício no valor de um salário mínimo, o piso nacional passou para R$ 1.212, desde o dia 1º de janeiro de 2022. Pela lei, os beneficiários do INSS de aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte não podem receber o seguro no valor menor a um salário mínimo.

Os beneficiários que começaram a receber o pagamento do seguro até janeiro de 2021 terão o percentual total do seu reajuste, ou seja, 10,16%. Para os beneficiários que começaram a receber o pagamento a partir de fevereiro de 2021, o percentual do reajuste será menor, de acordo com o mês de início do pagamento. 

Alíquota de contribuição

O INSS também definiu as alíquotas de contribuição dos empregados com carteira assinada, domésticos e trabalhadores avulsos. Para quem recebe até um salário mínimo (R$ 1.212), o recolhimento será de 7,5%; para quem recebe de R$ 1.212 a R$ 2.427,35, o recolhimento será de 9%; para quem ganha de R$ 2.427,36 a R$ 3.641,03, será de 12%; e, por último, quem recebe de R$ 3.641,04 a R$ 7.087,22, a alíquota será de 14%. Os novos valores das alíquotas começarão a ser recolhidos a partir de fevereiro.

Veja também

Presidente descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros
Taxas de importação

Presidente descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros

Especialista dá dicas para escolher um celular 5G
Tecnologia e Games

Especialista dá dicas para escolher um celular 5G