Economia

Vendas do comércio têm crescimento de 1,6% em maio

O setor de materiais de construção voltou a ser destaque

Os dados nacionais são do Indicador de Atividade do Comércio da Serasa ExperianOs dados nacionais são do Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

As vendas no comércio tiveram alta de 1,6% no mês de maio em comparação ao mês anterior. O setor de materiais de construção voltou a ser destaque, com elevação de 4,8%. Os dados nacionais são do Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian e foram divulgados nesta sexta-feira (11).

De acordo com a pesquisa, todos os segmentos cresceram em maio, na comparação com o mês anterior, exceto o de combustíveis e lubrificantes, que teve a maior baixa do ano (6,8%). Supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas cresceram 1,7%; móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e informática, 3,2%; veículos, motos e peças, 2,8%; e tecidos, vestuários, calçados e acessórios, 3,5%.

“As restrições de funcionamento impostas aos comércios físicos nos meses de março e abril foram amenizadas a partir do início de maio, sendo assim, a presença mais ativa dessas empresas possibilitou um maior nível de consumo e uma leve aceleração das vendas”, destacou o economista da Serasa Experian Luiz Rabi.

Veja também

Bancos prometem criar central de emergência contra quadrilhas do 'limpa-conta', diz Procon-SP
CELULAR

Bancos prometem criar central de emergência contra quadrilhas do 'limpa-conta', diz Procon-SP

Municípios do Sertão pernambucano poderão retomar atividades econômicas
Plano de Convivência

Municípios do Sertão pernambucano poderão retomar atividades econômicas