Versa Unique traz conforto e economia

Sedã da Nissan na versão 1.6 foi testada pela Folha e tem no câmbio Xtronic CVT a sua principal novidade

De Repente Uma FamíliaDe Repente Uma Família - Foto: Divulgação

 

Depois de passar uma semana circulando pela Região Metropolitana do Recife (RMR) com o Nissan Versa Unique, foi difícil voltar à realidade do carro manual e com menos espaço interno diante do conforto que o sedã japonês oferece. Além disso, o modelo de motor 1.6 e câmbio Xtronic CVT tem consumo digno de um 1.0 da categoria. O que joga contra é o preço: R$ 66.290.

A principal novidade dele é o câmbio Xtronic CVT, que contém duas polias de tamanho variável envoltas por uma correia de aço, que vem com os dentes mais juntos, para obter uma resposta mais rápida. Isso resulta na eliminação dos degraus na passagem de marcha, fazendo o motorista não perceber a troca. Por conta disso, a rotação do motor fica constante, sem aqueles picos que chegam a passar de três mil rotações por minuto e elevam o consumo de combustível. Isso, aliado a uma boa acústica, complementa o conforto que já é garantido pelo amplo espaço interno.

Ainda sobre o câmbio, ele conta com a função Overdrive, que eleva a rotação do motor para acima de três mil por minuto, para se ter um reforço em ultrapassagens e subidas e serve também como um freio a motor em descidas. O resultado do uso desse mecanismo todo foi um consumo médio de 11,6 quilômetros por litro de gasolina nos trechos urbanos ao fim do test drive da Folha.

Agora falando do conforto, o pacote de isolamento acústico adicionado ao modelo cumpre bem o papel. Mas o protagonista nesse quesito é o espaço interno, o maior da categoria. Para andar com a família, principalmente com crianças e idosos, o comprimento de 4,49 metros e a largura de 1,5 metro garantem boa convivência entre adultos e cadeirinhas e bebês-conforto. Já os idosos e outras pessoas que enfrentem dificuldade para entrar e sair do carro contam com bom ângulo de abertura das portas e com o teto elevado.

O câmbio Xtronic CVT pode ser encontrado nas versões 1.6 SV, 1.6 SL, além da versão Unique, testada pela Folha. Ele aparece também nas versões 1.6 SV e 1.6 SL do March. Para ter o equipamento, o cliente precisa acrescentar o valor de R$ 4.800. As versões aptas a receber o opcional vêm ainda com o dispositivo Multi-app, uma central multimídia com sistema operacional Android e que faz download de aplicativos assim como um smartphone. Isso permite que se utilizem os programas como o Waze para navegação e Spotify para seleção de músicas, por exemplo.

O Versa Unique 1.6 XTronic CVT atinge a velocidade máxima de 111 cavalos a 5.600 rotações por minuto tanto com etanol quanto com gasolina e tem torque de 15 kgfm a 4 mil rpm, porém uma medida pesa contra o Versa: o tanque de combustível só recebe até 41 litros, o menor da categoria e muito menor que os concorrentes, que têm entre 50 e 55 litros.
O interior conta ainda com bancos revestidos de couro, acabamento piano black no painel central, computador de bordo e direção elétrica, além da central multimídia com rádio AM/FM, CD e DVD Player, MP3 com display 6,2 polegadas colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player/Ipod™, conector USB e 4 alto-falantes, conexão à internet através de Wi-Fi pela plataforma Android e download de aplicativos.

 

Veja também

Não faz sentido brigar com a China para agradar os EUA, dizem empresários
5G

Não faz sentido brigar com a China para agradar os EUA, dizem empresários

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
Auxílio Emergencial

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários