Economia

Volkswagen supera Toyota e é nova líder mundial em 2016

É a primeira vez que a empresa alemã chega à liderança

Marca da VolkswagenMarca da Volkswagen - Foto: Paul J. Richards/AFP

O fabricante de automóveis japonês Toyota, que dominava o mercado mundial há vários anos, foi destronado em 2016 pelo alemão Volkswagen, que pela primeira vez chega à liderança mundial de vendas apesar do escândalo do "dieselgate".

A Toyota vendeu no ano passado 10,18 milhões de veículos (+0,2% anual), enquanto o gigante alemão chegou aos 10,3 milhões (+3,8%), segundo números divulgados nesta segunda-feira, e se proclamou novo campeão mundial.

Oficialmente, a Toyota, líder mundial de 2008 a 2015 - com exceção do ano de 2011, do terrível tsunami no nordeste do Japão - não dá grande importância a esta mudança.

"Ser número um ou dois é algo que nunca importou a eles", comenta Hans Greimel, especialista do Automotive News, com sede em Tóquio. "Secretamente há um orgulho em ser líder, mas não é algo que seja um objetivo da empresa", afirma o especialista à AFP.

Para o grupo Volkswagen (VW) - matriz de doze marcas, entre elas Audi, Porsche, Seat, Skoda e Bentley - , este título de campeão em 2016 é uma forma de renascimento após um ano de 2015 ofuscado pelo escândalo da adulteração de seus veículos a diesel.

Em terceiro lugar aparece o gigante americano General Motors, com 9,8 milhões de veículos, que ainda não comunicou seus números, e que devem ser próximos aos do grupo fruto da aliança franco-japonesa Renault-Nissan.

Veja também

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil
indústria

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil

Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras
Eletrobras

Tribunal de Contas da União aprova privatização, saiba quais serão os próximos passos