Volume de vendas no comércio varejista em Pernambuco tem alta em fevereiro

Pesquisa do IBGE mostra que o Estado teve desempenho acima do registrado nacionalmente

Crescimento do comércio varejistaCrescimento do comércio varejista - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Superando o índice nacional, Pernambuco obteve em fevereiro deste ano uma evolução no volume de vendas do comércio varejista com uma alta de 2,4%. A pesquisa foi divulgada nesta terça-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O que justificou esta alta, de acordo com Rafael Ramos, economista da Fecomércio-PE, foi o segmento de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos com expansão de 23,7%. Rafael explica ainda que este crescimento pontual está atrelado aos hospitais que costumam comprar antecipadamente, nesta época inicial do ano.

Um setor importante que registrou saldo negativo foi o de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo com declínio de 3,7%, influenciados pela alta da inflação de produtos como feijão e batata inglesa.
No comércio varejista ampliado os veículos, motocicletas, partes e peças evoluíram 27,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior. O economista da Fecomércio-PE esclarece que o acesso ao crédito facilitado e a queda de juros facilitam para a aquisição desses bens de consumo, que geralmente são adquiridos por meio dos financiamentos.

Leia também: 
Comércio fica estável em fevereiro e só não recua devido ao Carnaval
OMC prevê desaceleração do comércio mundial em 2019


No cenário nacional o volume de vendas no comercio varejista, no mês de fevereiro, ficou estável, sem nenhum crescimento. Em comparação a fevereiro do ano anterior, a taxa de variação no país ficou em 3,9%. O setor que mais cresceu neste mês foi o de tecidos, vestuário e calçados, com 4,4% puxado pela alta das vendas no período do Carnaval.

Veja também

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI
Coronavírus

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras
Energia

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras