Folha Imóveis 2023

De olho no investidor

A Rio Ave prepara empreendimentos com novos conceitos, como é o caso do Vivant, o primeiro projeto de retrofit da empresa, que vai transformar um hotel em um residencial com serviços

O Auguri na Praia de Carneiros, foi pensado para conquistar o público que busca bons investimentos no mercado imobiiárioO Auguri na Praia de Carneiros, foi pensado para conquistar o público que busca bons investimentos no mercado imobiiário - Foto: Divulgação

Um ponto de destaque e tradição no mercado imobiliário é a capacidade de atrair investidores que optam pelo mercado de ativos a longo prazo. Em meio a um cenário de taxa de juros altas, investir em imóveis está sendo uma boa opção, já que segundo a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), entre 2009 e 2019, a aplicação em imóveis rendeu, em média, 15,3% ao ano, considerando valorização e ganhos com aluguel. 

Uma empresa do segmento que está buscando cada vez mais entregar empreendimentos voltados para esse objetivo é a Rio Ave. Nos últimos anos, a construtora lançou empreendimentos que podem ser boas oportunidades para as pessoas que buscam uma boa renda com o negócio. 

“Buscamos produtos pensados para o investidor que quer ter retorno na venda e na valorização do bem ao longo do período. Chegar antes, trazer valorização para as áreas é importante, aliado a um preço de metro quadrado acessível. É o nosso objetivo”, disse o diretor executivo comercial de mercado da Rio Ave, Márcio Tadeu Fernandez

Entre os novos lançamentos que buscam atrair o público investidor, está o Vivant, um empreendimento retrofit, sendo o primeiro da construtora neste segmento, que modifica uma estrutura já existente. “Vamos transformar um edifício que era um hotel em um residencial com serviços, no bairro do Pina. Um dos pontos principais é que está entre a Zona Sul e a Norte, próximo do polo médico e já na Zona Sul. É um empreendimento que vai trazer inovação desde os processos tecnológicos de construção até os serviços na concepção do condomínio”, contou o diretor da Rio Ave.

O diretor destaca que o Vivant é uma boa opção para quem investe, já que está em uma área que vai começar a ser valorizada pelo mercado. “Ele sai com o preço do metro quadrado compatível com o que vem sendo aplicado na Avenida Boa Viagem, tivemos uma venda acelerada de investidores, moradores de primeira e segunda moradia, mas principalmente investidores que compraram por entender que terão rentabilidade e valorização quando o trecho for desenvolvido. Hoje é um preço do metro quadrado mais acessível por ser pioneiro na área, tem todo um desenvolvimento para valorização”, destaca Márcio. 

O Vivant é um residencial com studio e apartamentos com 1 dormitório, apartamentos garden, onde conta com um piso elevado para ter mais conforto para os moradores. “Os apartamentos terão toda inovação de tecnologia de obra além de serviços básicos como arrumação, concierge atendendo demandas de locação e de quem investe. Ainda tem administração do prédio, lavanderia terceirizada, coisas que trazem conforto para o morador se preocupar em estar lá, morando tranquilamente”, declarou.

Preservação da natureza
Outro empreendimento voltado para o público investidor lançado foi o Auguri, localizado na praia de Carneiros, Litoral Sul de Pernambuco. O diretor da Rio Ave aponta que este foi pensado para o segmento praia e tem como diferencial a preservação de 60% da área natural do terreno em que está inserido. 

“O Auguri lançamos em novembro do ano passado. Um terreno em uma praia que vem sendo desbravada, e que pode ter um retorno potencial para o investidor. Um diferencial é que tomamos o cuidado de, em uma área de 40 mil metros quadrados, não entupir de unidades. Estamos com 200 unidades, todas diferenciadas, casas de 200 metros quadrados, apartamentos e unidades studio para proporcionar conforto”, destacou. 

“A escolha de um imóvel é um processo. O interessado tem que saber o momento certo “ de comprar o bem”, disse o diretor executivo comercial de mercado da Rio Ave, Márcio Tadeu Fernandez | Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Segundo Márcio, o empreendimento de praia é uma opção interessante já que hoje muitas pessoas procuram por imóveis de segunda residência. “O empreendimento traz o conforto da praia. Queremos fugir do que aconteceu em Muro Alto, com uma invasão imobiliária. Queremos manter isso nos próximos. A Rio Ave chega para preservar e valorizar”, afirmou. 

O diretor aponta que outro diferencial do Auguri se dá por permitir uma rentabilidade positiva por conta da localização privilegiada. “O empreendimento traz a exclusividade de estar numa praia paradisíaca o ano inteiro. O retorno é superior à locação normal, e é compatível com diárias de hotéis. Pode comprar imóveis e ter uma rentabilidade muito maior que 1% por aluguel”, apontou.

Prova de que o produto da Rio Ave é uma boa oportunidade para investimentos é o resultado apresentado pelo empreendimento Alameda, que ainda está em construção, mas já apresenta valorização. “Ele foi lançado entre R$ 15 mil e R$ 16 mil o metro quadrado, e hoje vale entre R$ 18 mil e R$ 19 mil. Os imóveis, pela qualidade construtiva e nossa preocupação, são entregues como investimento certo para o comprador, que vai colocar o dinheiro. Dentro do prazo, a Rio Ave vai transformar em um imóvel com qualidade. Ou vender e ter valorização ou alugar, com rentabilidade”, destacou.

Por onde começar
Apesar de utilizar um imóvel como fonte de renda, antes de ingressar no meio é preciso estar atento a alguns pontos. De acordo com o diretor executivo comercial de mercado da Rio Ave, Márcio Tadeu Fernandez, antes de tudo é preciso entender o momento pessoal para poder adquirir o imóvel. 

“A escolha de um imóvel para investir é um processo. O interessado tem que saber o momento certo de comprar o imóvel. Para isso, caso não tenha poupança guardada ou um capital investido, ele precisa de planejamento. Quanto mais próximo do lançamento é o momento ideal, porque compra com uma condição facilitada e tem todo o período da obra para pagar o imóvel e podendo colocar como locação ou realizar a venda”, disse o diretor. 

Márcio conta que no caso da pessoa que já tenha o valor total para adquirir o imóvel, uma oportunidade que pode ter é oferecer uma contrapartida. “Se já tem o valor total, é uma possibilidade negociar o que pretende desembolsar para chegar a um acordo. Depois desse período vai ter uma valorização do que foi investido. Para comprar imóvel que tenha rentabilidade, quanto antes adquirir, é melhor. O imóvel não sofre correção, insumos de construção podem aumentar e quando compra no lançamento tem uma condição melhor e segurança, trazendo retorno financeiro adequado”, afirmou. 

O diretor da Rio Ave destaca que é importante ainda pensar na localização do imóvel e do que o empreendimento oferece para quem vai residir.