Marcas que eu gosto 2021

A arte da comunicação dentro das agências

O prêmio Marcas que eu gosto 2021 consagra a Aporte e a Ampla pelos destaques que tiveram em seus trabalhos, alcançando os maiores números de clientes premiados este ano

Angelo de Mello, CEO da Aporte ComunicaçãoAngelo de Mello, CEO da Aporte Comunicação - Foto: Divulgação

Vivemos num mundo onde não paramos de ser impactados por mensagens em múltiplas plataformas, cada vez mais precisas e dirigidas ao que gostamos ou praticamos. Muitas dessas mensagens têm, por trás, a intenção de uma determinada marca em se comunicar, ou mais do que isso, em se relacionar com as pessoas de seu interesse. E essa comunicação é criada por equipes que constroem estratégias sempre pensando no melhor resultado. O prêmio Marcas que eu gosto 2021 consagra duas agências de comunicação que tiveram destaques em seus trabalhos, alcançando os maiores números de clientes premiados: a Aporte Comunicação e a Ampla Comunicação.

Com uma atuação sempre presente junto aos seus clientes, a Aporte teve o maior número de categorias vencedoras. Ao todo, seis categorias foram reconhecidas em primeiro lugar: Boris Berenstein, Grau Técnico, Palmeiron (Molho de tomate e Extrato de tomate) e Bem-te-vi (Sabão em barra e Sabão em pó).

“Para atingir esse objetivo de se comunicar com mais positividade e rapidez, as marcas vêm adotando abordagens e linguagens próprias do relacionamento entre os humanos. Isso porque o marketing já entendeu que o caminho mais curto para conquistar o público-alvo é fazê-lo perceber essa ou aquela marca por suas afinidades e comportamentos com os quais ele, o cliente ou consumidor, se identifica, e por isso, passa a escolhê-la e, na melhor das situações, a amá-la”, destacou Angelo de Mello, CEO da Aporte Comunicação.

Para ele, o Marcas que eu gosto é o prêmio que identifica essas “lovemarks” no mercado de Pernambuco, utilizando-se, para isso, de toda credibilidade do Ipespe, um dos mais conceituados institutos de pesquisa do País. “É muito grande o orgulho que temos do nosso trabalho diante dessas conquistas, já que elas mostram, não só com o reconhecimento do público, como também expressam o sentimento que vem do seu coração”, comentou Mello.

Mostrar-se sempre presente e próximo, além de cultivar valores com os quais as pessoas se identifiquem e que sejam relevantes para a vida delas, é uma atividade realizada pela Ampla. Em um momento bastante sensível para todos e que ninguém jamais esquecerá, as marcas que assumiram um papel ativo e protagonista nesse período certamente serão lembradas por muito tempo.

Queiroz Filho, presidente da Ampla ComunicaçãoQueiroz Filho, presidente da Ampla Comunicação. Foto: Divulgação

“O planejamento das estratégias de comunicação tem que existir. É preciso, porém, estar preparado para mudar tudo, e mudar rápido, caso seja necessário. A pandemia foi o melhor exemplo disso. O mundo digital não funciona de maneira linear. Mudar os planos no meio do caminho nunca foi tão natural”, ressaltou o presidente da Ampla, Queiroz Filho.

Com um trabalho feito junto à Ampla, quatro empresas foram destaques com o primeiro lugar no prêmio: Pitú, Shopping Recife, Baterias Moura e Ferreira Costa. “O prêmio Marcas que eu gosto é a materialização do que toda marca mais deseja: ser lembrada e ser amada pelas pessoas. Esse é portanto o maior reconhecimento para uma marca, e a comunicação tem um papel fundamental nisso tudo”, complementou Queiroz Filho.