Saúde

Hope e Santa Luzia: décadas de história no cuidado com os olhos

Há 70 anos, o Hospital de Olhos de Pernambuco (Hope) surgiu através de uma iniciativa pioneiraHá 70 anos, o Hospital de Olhos de Pernambuco (Hope) surgiu através de uma iniciativa pioneira - Foto: Melissa Fernandes/ Folha de Pernambuco

Há 70 anos, o Hospital de Olhos de Pernambuco (Hope) surgiu através de uma iniciativa pioneira. Com o passar dos anos, através de uma atuação séria e ética, o Hope se consolidou e segue oferecendo aos seus pacientes o que existe de mais moderno na oftalmologia, sempre com um atendimento humanizado.

Referência no tratamento oftalmológico, o Hope está no coração e na memória dos recifenses e conquistou o primeiro lugar na categoria Hospital e Clínica de Olhos no Marcas Que Eu Gosto 2023.

De acordo com a médica oftalmologista do Hope e especialista em cirurgia de catarata, dra. Bruna Ventura, os pacientes do hospital recebem o que há de mais moderno em oftalmologia.

“A pessoa que hoje recebe um tratamento no Hope está tendo o que há de mais moderno em relação ao seu problema, falando em âmbito mundial, então isso fez com que o Hope sempre fosse reconhecido e ano após ano recebe esses prêmios de reconhecimento de marcas, porque realmente está na mente dos pernambucanos em relação a esses valores sólidos de qualidade, atendimento, ética acima de tudo e segurança do paciente”, diz.

Ainda segundo a médica, o maior propósito da empresa é continuar oferecendo à população pernambucana e de estados circunvizinhos oftalmologia de qualidade embasada em ética, humanização e com a segurança do paciente em primeiro lugar.

Entre os serviços oferecidos pelo Hope para a população está o sobreaviso cirúrgico em todas as subespecialidades cirúrgicas da oftalmologia.

“Se uma pessoa precisar de uma cirurgia de emergência com relação a glaucoma ou retina, teve um descolamento de retina, teve uma descompensação aguda do seu glaucoma ou teve um problema, um trauma ocular, uma pancada no olho, uma perfuração ocular, por exemplo, a gente tem, em 365 dias do ano, médicos especialistas em cada subárea cirúrgica da oftalmologia a postos para resolver e operar, de forma que o paciente tenha a melhor chance de recuperar e preservar a sua visão”, explica dra. Bruna.

Além de atender diversas áreas da oftalmologia, o Hope também atua no atendimento de otorrinolaringologia com as principais necessidades dessa especialidade.

Criada em 1986, a Fundação Altino Ventura (FAV), instituição filantrópica, de utilidade pública que presta assistência clínica, cirúrgica e de emergência oftalmológica aos pacientes de baixa renda, através do Sistema Único de Saúde (SUS), é o principal braço social do Hope.

De acordo com o dr. Bernardo Cavalcanti, médico oftalmologista e um dos responsáveis técnicos do Hope, o hospital sempre teve um lado social muito forte. Atualmente, a FAV tem uma gestão completamente separada do Hope, mas busca sempre ter pilares que estão envolvidos na assistência à população com qualidade, no desenvolvimento de pesquisa científica e na promoção do ensino da oftalmologia.

“Com esses pilares o braço social do Hope tem sempre agregado, através da Fundação Altino Ventura, o atendimento à população mais necessitada, tentando se estender por todo o Estado”, pontua.

Além disso, o Hope está envolvido com as boas práticas de ASG (Ambiental, Social e Governança), como, por exemplo, o foco na preservação do meio ambiente, com a digitalização do sistema e a redução do uso de papel.

Há dois anos, o Hope faz parte da Vision One, rede nacional de hospitais oftalmológicos de alta qualidade. Fundada em 2020, a rede está presente em oito estados brasileiros, com 39 unidades que contam com mais de 3 mil colaboradores e médicos. O Hope foi a segunda empresa a fazer parte da rede.

“Fazemos parte dessa plataforma nacional que faz com que a gente possa, inclusive, expandir mais todas as boas práticas que o Hope vem cultivando no decorrer de toda a sua existência de uma maneira efetiva, buscando sempre, também, uma administração e gestão que estão muito preocupadas em atender a todos os clientes que hoje estão envolvidos no ramo da oftalmologia”, afirma.

Uma grande família. Assim, o dr. Bernardo define o Hospital de Olhos de Pernambuco. “Hoje o Hope tem uma gestão de qualidade que não depende mais da família que formou, mas sim da família Hope, de todas as pessoas que estão hoje engajadas e que acreditam na instituição e podem promover todo o foco do Hope, de estar centrado no paciente em todas as áreas”, acrescenta.

Saiba mais
O Hospital de Olhos de Pernambuco (Hope) surgiu em 1953, através do pioneirismo da Clínica de Olhos Altino Ventura, fundada pelo Dr. Altino Rafael Torres Ventura e Dr. Inácio Cavalcanti de Albuquerque. Na época, o hospital visava oferecer à população do Recife serviços especializados de tratamento das doenças da visão.

Após mais de 30 anos da fundação da Clínica de Olhos Altino Ventura, surge, em abril de 1986, o Hope. Localizado na Boa Vista, região central do Recife, o hospital trouxe grande inovação ao tratamento oftalmológico e passou a oferecer à população uma estrutura hospitalar completa.

Santa Luzia: humanização e excelência
Com equipamentos de última geração, equipe de profissionais qualificada e atendimento humanizado, o Hospital de Olhos Santa Luzia (HOSL) completa 30 anos de história em 2023 e é referência nacional na área de oftalmologia. Este ano, a empresa está realizando uma série de melhorias para os pacientes. No coração dos recifenses, o Santa Luzia ficou entre as empresas mais lembradas no segmento Hospital e Clínicas de Olhos do Marcas Que Eu Gosto.

Para entregar, cada vez mais, um atendimento de qualidade, a empresa implantou o serviço de otorrinolaringologia e em breve disponibilizará o atendimento de urgência 24 horas, nesta especialidade.

“Foram adquiridos mais equipamentos de última geração para cirurgias de catarata, retina e refrativa, além de outros para diagnóstico mais preciso. Realizamos melhoramentos em nossa estrutura física, nova lanchonete, estacionamento e espaços planejados para maior conforto”, afirma o médico oftalmologista do Santa Luzia, dr. Luiz Guilherme Freitas.

Com equipamentos de última geração, equipe de profissionais qualificada e atendimento humanizado, o Hospital de Olhos Santa Luzia (HOSL) completa 30 anos de história em 2023. Foto: Divulgação

De acordo com o médico, poucas empresas no Brasil completam 30 anos e somente as que são bem estruturadas e reconhecidas têm esse privilégio.

“As ações para celebrar nossos 30 anos serão de agradecimento a Deus, a nossos clientes e aos colaboradores, quando realizaremos atendimento gratuitos de pessoas carentes através da Fundação Santa Luzia”, diz o médico.

A Fundação Santa Luzia é o braço social da instituição. A iniciativa atende a população mais carente através do Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo atendimento em casos de alta complexidade nas áreas de retina e vítreo, cirurgias de catarata, glaucoma e oftalmopediatria.

 Entre os diferenciais do Santa Luzia estão: atendimento humanizado, excelência da equipe médica, equipamentos de última geração, localização privilegiada, urgência 24 horas, residência médica em oftalmologia e fellow (programa de aperfeiçoamento) em várias subespecialidades.

O Santa Luzia tem 5.000 metros de área construída, amplo estacionamento, 20 consultórios, 11 salas para exame complementar, centro cirúrgico de alta tecnologia, equipe de 58 oftalmologistas, 5 anestesistas, 10 otorrinos e cerca de 200 colaboradores. A empresa faz parte da Rede Vision One.

Veja também

Marcas Que eu Gosto 2023: Leia a revista digital

Marcas Que eu Gosto 2023: Leia a revista digital