História

Unimed Recife completa 50 anos com investimentos para o futuro

Em 2021, rede inaugurou complexo hospitalar em meio a cenário desafiador para todo o setor da saúde.

Hospital da Unimed tem instalações modernasHospital da Unimed tem instalações modernas - Foto: Divulgação

Um dos maiores polos médicos das regiões Norte e Nordeste do Brasil, o Recife testemunhou, ao longo do último século, uma história de grandes avanços no campo da saúde, acompanhando de perto o surgimento de práticas que se modernizavam a partir de cada descoberta científica e do desenvolvimento tecnológico.

A segunda metade desse período foi marcada pela chegada e expansão dos principais empreendimentos que hoje compõem a diversificada rede de serviços disponível na Capital pernambucana. Entre eles, uma marca bastante familiar para quem vive ou circula na cidade: a Unimed.

Formado por quatro unidades, o grupo, que conta também com um plano de saúde suplementar, comemora 50 anos de atuação no município em meio a um cenário desafiador para todo o mercado. Mas, mesmo na pandemia, os investimentos continuaram com força, cuminando na inauguração de um complexo hospitalar de 22 mil m² em outubro passado, no bairro da Ilha do Leite, área central da cidade.

“É um hospital muito bem estruturado, com muita tecnologia”, celebra o diretor da Unimed Recife, Antônio Cruz. “E preparamos esse hospital com o que temos de mais moderno no momento. Na parte de imagem, estamos com a ressonância magnética, e já está instalada a tecnologia de cirurgia robótica, que é um marco em relação à qualidade de procedimentos mais precisos”.

Luta e resiliência
Com um corpo médico composto por mais de 700 profissionais atuando nas estruturas próprias, a Unimed também desempenhou um papel fundamental na linha de frente contra a Covid-19. Desde o começo da pandemia, cerca de 80 mil pacientes com sintomas da doença procuraram atendimento na rede.

Diante disso, foi preciso readequar as estruturas dos hospitais, que hoje possuem 608 leitos, incluindo apartamentos, enfermarias, UTIs e salas de recuperação.

“Foi um grande desafio. Não tivemos casos de pacientes sem ter para onde ir, porque também contamos com o apoio dos hospitais credenciados [no convênio]. Nos Hospitais 1 e 3, ampliamos, em ambos, 20 de leitos de UTI. Além disso, transformamos o nosso ambulatório em um setor só para atender [pacientes de] Covid. Tivemos que adquirir respiradores”, recorda o diretor Antônio Cruz.

Na visão do gestor, que, após o complexo hospitalar, vislumbra a instalação de um novo laboratório em Casa Forte, na Zona Norte, a capacidade de manter o foco mesmo diante das dificuldades é o maior legado que a experiência com o novo coronavírus deixará. “O sacrifício foi imenso, mas, em plena pandemia, não nos desviamos do nosso objetivo, que era fazer mais um hospital de qualidade para nos dar suporte em atender os pacientes e oferecer mercado de trabalho”, afirma.

O Centro Administrativo da Unimed Recife fica na Avenida Lins Petit, 140, Ilha do Leite. Os pacientes podem entrar em contato pelo (81) 3413.8400.