A saudade do atacante André acaba nesta segunda

Jogador leonino tem chegada marcada para as 21h30, no Aeroporto Internacional dos Guararapes

Artilheiro do Sport em 2015, ele assinou pré-contrato com vínculo de cinco anosArtilheiro do Sport em 2015, ele assinou pré-contrato com vínculo de cinco anos - Foto: Peu Ricardo/Arquivo folha

 

Foi mais de um mês de expectativa desde a sugestiva postagem do atacante André nas redes sociais, no final de 2016, na qual deixava no ar um possível retorno à Cidade, com a #saudadeRecife, até a concretização da sua volta ao Sport. Aquele episódio foi a deixa para ele, o clube e a torcida sonharem juntos com o reencontro que acontece hoje à noite - a chegada dele está prevista para as 21h30 (horário do Recife).
A aguardada contratação foi anunciada com festa pela diretoria leonina, na manhã de ontem, através das redes sociais. Até publicar, aliviado, que “chega de saudade”, o Leão viveu uma odisseia de negociações com o Sporting, equipe na qual ele estava atuando, em Portugal, e outros clubes que também detinham partes dos direitos econômicos de André, como o Corinthians.

Agora, a equipe pernambucana é dona de 70% dos direitos do atacante - 50% foram adquiridos junto ao Sporting por 1,2 milhão de euros (aproximadamente R$ 4 milhões). O pré-contrato tem vínculo de cinco anos.
A transação é a maior já feita pelo clube em contratações. Até então, o valor mais alto a ser pago havia sido R$ 3,1 milhões, pelo atacante Colombiano Reinaldo Lenis, em 2016. A quantia desembolsada pelos outros 20% dos direitos econômicos de André é desconhecida. Sabe-se que, além do Corinthians e do Sporting, Atlético/MG e Santos também tinham um percentual do jogador (os últimos dois clubes, juntos, atendiam justamente a 20%).
Natural de Cabo Frio, no Rio Janeiro, André tem 26 anos e retorna ao Recife com a expectativa de reencontrar não só amigos e fãs, mas o bom futebol - desde que saiu do Leão, não conseguiu engrenar boas atuações no Corinthians e no Sporting. Ele vestiu a camisa do Sport em 34 partidas na temporada de 2015. Foi o artilheiro da equipe, com 14 gols marcados, 13 deles no Campeonato Brasileiro. Naquela edição, o Rubro-negro fez uma campanha de encher os olhos no Nacional, com as presenças destacadas ainda de Diego Souza e Marlone, e ficou bem perto da vaga na Taça Libertadores.

 

Veja também

Sócios do Santa Cruz votam reforma do estatuto neste sábado (17); entenda o que pode mudar no clube
Santa Cruz

Sócios do Santa Cruz votam reforma do estatuto neste sábado (17); entenda o que pode mudar no clube

Campeonato Brasileiro Feminino começa neste sábado
Futebol Feminino

Campeonato Brasileiro Feminino começa neste sábado