A-A+

A um passo do Náutico, Kieza é recebido com festa no Recife

Jogador foi recepcionado por dezenas de torcedores alvirrubros, nesta terça-feira, no Aeroporto do Recife

Kieza é tietado por torcedores no desembarqueKieza é tietado por torcedores no desembarque - Foto: Arthur de Souza

A novela "Kieza" está perto de um desfecho positivo para os alvirrubros. O Náutico ainda não confirmou a contratação do atacante de 33 anos, que estava no Fortaleza, mas o jogador desembarcou nesta terça-feira (7), no Aeroporto dos Guararapes, no Recife, com direito a uma recepção calorosa de dezenas de torcedores. Detalhes separaram a oficialização do acerto com o ídolo mais recente do Timbu dos últimos anos.

O acordo com Kieza começou a ser desenhado na capital cearense. O centroavante não subiu nesta tarde ao gramado do CT Ribamar Bezerra, junto com os demais atletas do Fortaleza. Após uma reunião envolvendo dirigentes do Leão e o empresário do atleta, Igor Albuquerque, clube e jogador entraram em um acordo, liberando o atacante para fechar com o Timbu.

Leia também:
Com Náutico de olho, Kieza é aguardado na reapresentação do Fortaleza
Dal Pozzo diz que Kieza tem interesse em voltar ao Náutico 

As negociações envolvendo Kieza começaram no final do passado. Mesmo com um contrato abril de 2020 com o Fortaleza, o jogador não escondia o desejo de retornar ao Náutico, equipe em que se destacou nos anos de 2011, como artilheiro da Série B, e 2012, na campanha do Brasileirão que culminou na vaga à Copa Sul-Americana de 2013. O grande entrave era justamente a questão contratual envolvendo o clube cearense.

A renovação do técnico Rogério Ceni com o Fortaleza chegou a ser tratada como um obstáculo na saída do atleta – o treinador já havia elogiado o atacante anteriormente, mesmo com o fato de Kieza ter marcado apenas um gol no clube em 24 jogos disputados, sendo 14 como titular.

O alto salário (R$ 170 mil) do goleador também tornou a transação mais delicada. Foi preciso Kieza aceitar uma redução no pagamento para tornar o desejo da diretoria do Náutico em realidade. Com a camisa vermelha e branca, o atacante marcou 43 gols em 70 jogos.

Veja também

Bruno Becker deixa vice-presidência jurídica do Náutico
Náutico

Bruno Becker deixa vice-presidência jurídica do Náutico

Joaquim Bezerra deveria ir embora de vez do Santinha
Que Golaço!

Joaquim Bezerra deveria ir embora de vez do Santinha