Acesso de torcedores transcorre de forma tranquila na Ilha

Diferente dos tumultos registrados no último clássico, entrada dos tricolores no estádio ocorreu sem problemas

Grupo de torcedores na chegada à Ilha do RetiroGrupo de torcedores na chegada à Ilha do Retiro - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O ambiente de tensão vivenciado no último Clássico das Multidões, quando vários incidentes foram registrados na Ilha do Retiro, deu lugar a um clima de calmaria antes do novo embate entre Sport e Santa Cruz, nesta quarta-feira, pelas quartas de final do Campeonato Pernambucano. Diferente do que ocorreu na semana passada, o acesso da torcida do Santa Cruz ao estádio transcorreu de forma tranquila, apesar da longa fila que se formou quando uma das organizadas da Cobra Coral chegou à avenida Beira-Rio, tradicional ponto de entrada do público visitante.

Leia também:
Tensão cerca o decisivo Clássico das Multidões na Ilha
Sport faz recomendações e reforça efetivo para o clássico
PMPE aumenta efetivo para Sport x Santa Cruz em 120%
Vítimas de tumulto no Clássico podem acionar Justiça

A melhora na organização foi percebida e elogiada pelos torcedores, sobretudo os tricolores, principais reclamantes da estrutura armada do último Clássico das Multidões. Na ocasião, dezenas de pessoas ficaram feridas após um tumulto nas arquibancadas. A confusão teria começado depois que um tricolor acendeu um sinalizador e a polícia entrou em ação, provocando uma espécia de avalanche humana na arquibancada.

"Hoje (quarta-feira) está bem melhor sim, muito mais organizado em relação ao último jogo. Da outra vez o tratamento foi muito mais hostil", afirmou o autônomo Carlos Henrique, que esteve presente na última partida. Também presente na Ilha do Retiro no clássico passado, o vendedor Welisson Henrique relatou o tratamento destinado à torcida pela Polícia Militar. "Da última vez não tinha nem conversa. Já chegavam dando tapa em torcedor que estava passando, foi horrível", descreve.

Os tumultos registrados no clássico levaram a PM a aumentar em 120% o efetivo para o duelo, sendo 610 atuando na segurança da área externa e 245 na parte interna, o que totaliza 845 agentes.

Veja também

Kleina admite desempenho abaixo do esperado diante do Cuiabá
Futebol

Kleina admite desempenho abaixo do esperado diante do Cuiabá

Náutico joga mal e perde por 1x0 para o Cuiabá
Futebol

Náutico joga mal e perde por 1x0 para o Cuiabá