Adriano evita apontar erros que levaram ao rebaixamento

Tricolor teve queda concretizada após derrota para o Coritiba

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) discursa durante lançamento da chapa majoritáriaO senador Armando Monteiro Neto (PTB) discursa durante lançamento da chapa majoritária - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Era apenas uma questão de tempo. Com a derrota por 1x0 para o Coritiba, no Couto Pereira, o Santa Cruz foi matematicamente rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. Com 27 pontos, na 19ª colocação, o Tricolor venceu apenas sete dos 35 jogos que fez no Brasileirão, empatando outros seis e perdendo 22. Um aproveitamento de 25,7%. São vários os motivos que levaram à queda do time pernambucano, mas o treinador Adriano Teixeira preferiu não citá-los.

"É difícil você responder qual foi o momento, a situação que levou a isso (rebaixamento). Fizemos um primeiro semestre bom, fomos campeões do Pernambucano e da Copa do Nordeste. Mas o Brasileiro é diferente. É um campeonato duro e, se você bobear, fica difícil dar a volta por cima", lamentou.

Para o treinador, o momento é de pensar na temporada de 2017. "Precisamos começar o planejamento. Tivemos alguns erros, mas esse não é o momento de expor, mas sim de organizar e pensar no ano seguinte. A equipe está de parabéns pela entrega e dedicação. Temos três jogos ainda para honrar a camisa do Santa", disse.

Veja também

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio
Campeonato Catarinense

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League
Futebol Internacional

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League