Adriano ressalta crescimento do América/MG, mas reafirma confiança no Santa

Tricolor encara o Coelho neste domingo (6), no Arruda, pelo Brasileirão

Os senadores Fernando Bezerra Coelho e Romero Jucá na Convenção Extraordinária do PMDB, em BrasíliaOs senadores Fernando Bezerra Coelho e Romero Jucá na Convenção Extraordinária do PMDB, em Brasília - Foto: Divulgação

De um lado, o Santa Cruz, último colocado da Série A do Campeonato Brasileiro. Do outro, o América/MG, apenas uma posição acima. O confronto entre as equipes, neste domingo (6), não vai salvar ninguém do rebaixamento à Série B. Por isso, o técnico Adriano Teixeira tem procurado usar outros artifícios para motivar o elenco.

“Sabemos que o América vem numa crescente, de duas vitórias, mas estaremos jogando em casa e precisamos honrar a camisa do clube, a torcida que vai comparecer e o nome dos atletas. Não podemos entrar por entrar, mas sim fazer o melhor. O resultado será conseqüência”, afirmou.

O treinador ressaltou a importância do apoio da torcida no fim de semana e declarou qual postura imagina que o Coelho terá no Arruda. “Eles jogam esperando o adversário, para ter um contra-ataque e matar o jogo. Estamos cientes disso. Todos assimilaram a proposta do América e estão atentos. Estamos em uma situação que não condiz com o grupo. Esse será um jogo que, quem errar menos, vai sair vencedor”, declarou. “Sobre o torcedor, ele sempre faz um papel fundamental. Resgatou um time na Série D. Só temos a agradecer jogando bem mantendo o empenho dentro de campo”, concluiu.

Veja também

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão
Brasileirão

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana