Adversário do Timbu busca vitória para encostar nos líderes

Time paranaense é o sexto colocado na Série B deste ano - 23 pontos - e tem o melhor ataque da competição, com 23 gols

Tencati comanda o Londrina desde 2011Tencati comanda o Londrina desde 2011 - Foto: Divulgação

Enquanto o Náutico teve quatro técnicos na temporada (Dado Cavalcanti, Milton Cruz, Waldemar Lemos e Beto Campos), além de dezenas nos últimos anos, o Londrina ostenta um feito atípico no futebol brasileiro. Desde abril de 2011, o clube não muda de treinador. Há mais de seis anos, Cláudio Tencati é o responsável por comandar o Tubarão. Com a meta de colocar os paranaenses na elite nacional no ano que vem, o comandante busca parcerias com clubes da Série A para ganhar mais reforços para o segundo turno. Enquanto não consegue novos nomes, Tencati vai se virando como pode para encontrar as peças ideais e melhorar o desempenho da equipe. Principalmente dentro de casa.

Em oito jogos disputados como mandante, o Londrina venceu apenas dois. Nos demais, empatou quatro vezes e perdeu outras duas. Um aproveitamento de apenas 41%. Em contrapartida, a equipe tem o melhor ataque da Série B 2017, com 23 gols, e enfrentará justamente o clube que menos balançou as redes na competição (apenas 10 vezes). O time é o sexto colocado na classificação, com 23 pontos.

Para o jogo desta noite, o Londrina terá alterações na zaga e no meio. O volante Rômulo sofreu uma lesão na coxa e está fora da partida. Bidía ganha a vaga. Jardel recebeu o terceiro amarelo e está suspenso, fazendo com que Celsinho volte ao time. Negociado com o Royal Antwerp, da Bélgica, o zagueiro Matheus será substituído por Marcondes.

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival