Futebol

Afogados se prepara para retorno do futebol em Pernambuco

Equipe é um dos grandes destaques do futebol pernambucano neste ano e ainda terá Copa do Brasil e Série D para disputar

Pedro Manta, técnico do AfogadosPedro Manta, técnico do Afogados - Foto: Divulgação

Leia também

• Afogados teme debandada caso Estadual não volte até abril

• FPF destina auxílio recebido da CBF aos clubes do Interior

• Com apenas dois atletas garantidos, Afogados tenta fazer acordos

• Mesmo com liberação, clubes do interior não retornam aos treinos na segunda

• Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho

Um dos principais destaques na atual temporada do futebol pernambucano, o Afogados volta aos gramados neste domingo (19), diante do Vitória das Tabocas, às 16h, no Vianão. A Coruja ocupa atualmente a sexta posição e o Estadual classifica seis equipes para a fase de mata-mata. 

“Essa última rodada define tudo. São cinco equipes brigando por quatro vagas. Nós montamos nosso planejamento e já estamos trabalhando há 25 dias. A partida será difícil, mas sabemos do que somos capazes. Neste momento, será necessário pôr a cabeça no lugar e entender que todas as equipes passaram por dificuldades”, afirmou o treinador do Afogados, Pedro Manta.

O Afogados perdeu ao todo sete atletas no período de pandemia. O principal deles foi Diego Ceará, atual artilheiro do Campeonato Pernambucano. “Precisávamos repor as saídas e trouxemos 10 novos jogadores. Focamos em trazer mais experiência para a equipe. Para o ataque, nós contratamos três atletas: Denis, ex-Petrolina, Júnior Juazeiro e Júnior Mandacaru. Desses, apenas Denis não poderá jogar o Estadual, porque já defendeu a equipe do Petrolina”, disse Manta. 
 
Mesmo que seja eliminado no Pernambucano, o Afogados ainda terá a Copa do Brasil e a Série D para disputar nesta temporada. A tabela do Brasileiro, inclusive, foi criticada pelo presidente da Coruja, João Nogueira, após sua divulgação na última segunda-feira (13).

“O início da Série D estava para ser em 5 de setembro, mas agora colocaram para o dia 19. Se o jogo da Copa do Brasil diante da Ponte Preta for realmente no dia 26 de agosto, ficaremos muito tempo parado. Isso não é bom para ninguém. Ainda tem a situação dos contratos. Nós fechamos acordos de três meses no início de julho e não saberemos como será mais para frente”, afirmou o presidente do Afogados, João Nogueira.

Esta situação contratual é motivo de questionamentos por todas as equipes do futebol brasileiro. Além do curto período, trazido por João Nogueira, os clubes ainda terão que negociar com os atletas que terminarão os contratos no final deste ano. Isso porque as quatro divisões do futebol brasileiro terão seus campeonatos encerrados apenas no próximo ano.  

 

Veja também

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite
Futebol

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês
Futebol

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês