Vôlei de Praia

Ágatha e Duda vencem segunda etapa do Open de Vôlei de Praia

Na decisão, neste domingo (18), elas derrotaram Juliana e Josi por 21/9 e 21/15

Juliana (azul) e Ágatha, em lance na final da segunda etapa do Open 2020/2021 de vôlei de praiaJuliana (azul) e Ágatha, em lance na final da segunda etapa do Open 2020/2021 de vôlei de praia - Foto: Ana Patrícia/InovaFoto/CBV

A dupla Ágatha e Duda (PR/SE) voltou a subir ao lugar mais alto do pódio no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia depois de oito meses. Juntas desde janeiro de 2017, elas venceram uma etapa do Open pela última vez em fevereiro deste ano, em Maceió (AL), ainda pelo certame de 2019/2020. 

Neste domingo (18), a parceria olímpica conquistou, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), o título da segunda etapa da temporada 2020/2021. Elas derrotaram Josi/Juliana (SC/CE), por 2 sets a 0 (21/9 e 21/15), na decisão.

O ouro deste domingo foi o sétimo da dupla em etapas do Circuito Brasileiro. Ágatha, por sua vez, chegou ao 14º título do torneio nacional na carreira, enquanto Duda tem oito conquistas. Elas, que estão classificadas para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, tiveram uma campanha invicta, com cinco vitórias em cinco partidas e apenas um set perdido. 

Na decisão, a jovem sergipana Duda foi eleita a melhor em quadra por eleição popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). 

A prata em Saquarema foi a primeira medalha de Juliana ao lado de Josi em um evento Open do Circuito Brasileiro. A jogadora, que acumula títulos nacionais na carreira, voltou a disputar uma decisão de etapa após quase quatro anos. 

“Eu fiquei muito feliz por voltar a disputar uma final. O nível do vôlei de praia feminino no Brasil é muito competitivo e chegar em uma decisão não é fácil. Fazia tempo que eu não conseguia fazer essa sequência de duas semifinais seguidas, e chegar na final”, contou Juliana.

Bronze para Tainá/Victoria
Antes da decisão, Tainá/Victoria (SE/MS) superou as líderes do ranking Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) por 2 sets a 1 (21/13, 19/21 e 16/14), e garantiu o terceiro lugar na etapa. Victoria foi eleita a melhor em quadra. 

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente R$ 538 mil por etapa.

A segunda etapa do Open masculino será disputada entre os dias 22 e 25 de outubro, também em Saquarema. As etapas foram divididas em semanas diferentes para reduzir a circulação de pessoas dentro do Centro de Desenvolvimento de Voleibol, aumentando a segurança nos protocolos de prevenção ao novo coronavírus.

Veja também

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino
Futebol feminino

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas
Copa do Brasil sub-20

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas