Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Campeão invicto, clube argentino será adversário de Santos ou Palmeiras na Recopa Sul-Americana

Foto: Divulgação/ Club Defensa y Justicia

O Defensa y Justicia é o campeão da Copa Sul-Americana de 2020. O time comandado pelo ex-atacante Crespo venceu o Lanús por 3 x 0 na decisão disputada no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina.

Os gols foram marcados por Adonis Frias, Braian Romero e Washington Camacho.

Este é o primeiro título de expressão do Defensa, time de 85 anos da cidade de Florencio Varela, região metropolitana de Buenos Aires. O Lanús já tem um título da Sul-Americana, conquistado em 2013, em cima da Ponte Preta.

O Defensa y Justicia entrou na Copa Sul-Americana após ser eliminado do Grupo G da Libertadores - grupo liderado pelo Santos, que disputará a decisão do torneio na semana que vem. Em seu caminho até o título, o Defensa eliminou o Vasco nas oitavas de final, e o Bahia, nas quartas.

O placar foi aberto aos 34 minutos do primeiro tempo. Na entrada da pequena área, a defesa do Lanús permitiu a bola passear até sobrar nos pés do zagueiro Adonis Frias, que chutou de primeira.

Aos 17 do segundo tempo foi a vez do artilheiro Braian Romero ampliar a vantagem, encobrindo o goleiro Matías Ibañez. Este foi o décimo gol do atacante na competição.

Nos últimos minutos do jogo, Washington Camacho colocou números finais à partida, marcando o terceiro gol do Defensa. Com a conquista da Copa Sul-Americana, o Defensa y Justicia garante vaga na próxima edição da Libertadores, além de disputar a Recopa e a Copa Suruga, no Japão.

Veja também

Em duelo brasileiro, Calderano supera Tsuboi e vai às oitavas no Catar
Tênis de mesa

Em duelo brasileiro, Calderano supera Tsuboi e vai às oitavas no Catar

'Era trocado pelo concorrente branco', diz Aranha sobre racismo no futebol
Racismo

'Era trocado pelo concorrente branco', diz Aranha sobre racismo no futebol