Alunos de escola pública visitam veleiro da Família Schurmann

Estudantes conheceram o barco Kat, atracado no Cabanga para a disputa da 30ª edição da Refeno

Vilfredo falou sobre os detalhes do veleiro Kat, e da história da Família SchurmannVilfredo falou sobre os detalhes do veleiro Kat, e da história da Família Schurmann - Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Alunos do nono ano da Escola Luís de Camões, localizada no Pina, Zona Sul do Recife, tiveram a oportunidade de visitar o veleiro Kat, da Família Schurmann, atracado no Cabanga Iate Clube para a participação na 30ª Refeno. A ação, que envolveu 15 estudantes, acompanhados de seus professores, faz parte da campanha #MaresLimpos, da ONU Meio Ambiente.

O casal Vilfredo e Heloísa recebeu os alunos, que pela primeira vez entraram em uma embarcação. Na visita, eles conheceram todos os detalhes do veleiro Kat, da história da Família Schurmann e entenderam sobre o funcionamento de um barco. Além de aprenderem um pouco mais sobre a necessidade de preservar o meio ambiente.

“Quando fizemos as nossas primeiras expedições, o mar não era tão sujo quanto é hoje. Portanto, temos de ter a conscientização de manter os oceanos limpos, assim como toda a natureza. Mostramos a eles meios de como fazer isso a partir do descarte correto de óleo de cozinha, por exemplo. Tentamos engajar as pessoas apresentando soluções sustentáveis”, explicou Heloísa Schurmann, após passar as dicas aos adolescentes.

Encantados com o que vivenciaram no veleiro Kat, os estudantes prometeram repassar os conhecimentos. A conscientização ambiental estará em primeiro lugar a partir de agora. “Foi uma experiência muito legal e aprendemos muito. Coisas que nem imaginávamos sobre a natureza e que temos a missão de repassar aos nossos familiares e amigos para evitar o aumento da poluição”, resumiu a aluna Gabriela Dárion, de 14 anos.

Após a visita, todos receberam brindes da Família Schurmann como canudinhos descartáveis e sabão biodegradável feito a partir de óleo de cozinha. Mostrando, assim, exemplos práticos de como cuidar da natureza. São essas lições que os velejadores esperam ter passado aos alunos da Escola Luís de Camões.

Leia também:
Sob novo comando, Patoruzu desponta na Refeno
Embarcações inscritas na Refeno começam a chegar ao Cabanga 

“Foi uma satisfação enorme receber esses garotos e garotas. Em cada parte do mundo que vamos, abrimos o barco. Eles nunca haviam entrado em uma embarcação e pudemos falar um pouco da nossas história, como navega, da nossa vida, o dia a dia. É gratificante. Fiquei feliz em recebê-los aqui no Cabanga. Ainda mais dentro da campanha #MaresLimpos em que mostramos a eles a importância de cuidar do nosso planeta água, a cuidar da natureza. Foi espetacular e acredito que eles receberam bem a nossa mensagem”, concluiu Vilfredo Schurmann.

*Com informações da assessoria de imprensa 

Veja também

Santa terá três baixas por Covid-19 para a 'decisão' diante do Brusque
Santa Cruz

Santa terá três baixas por Covid-19 contra o Brusque

Golfista argentino procurado pela Interpol é detido no Rio
Golfe

Golfista argentino procurado pela Interpol é detido no Rio