Álvaro e Matheus Carvalho, protagonistas da final

Dupla marcou os gols alvirrubros no empate em 2x2 que garantiu o título da Série C para o Timbu

Álvaro, atacante do NáuticoÁlvaro, atacante do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

Um título construído por conta do trabalho de muitos, mas especialmente com o poder de decisão de uma dupla de atacantes que chamou a responsabilidade no mata-mata da Série C 2019. Quis o destino que Matheus Carvalho e Álvaro, peças decisivas nas quartas de final e nas semifinais, também fossem os autores dos dois gols no empate em 2x2 com o Sampaio Corrêa que deu a taça do torneio ao Timbu.

Matheus Carvalho foi o homem dos pênaltis decisivos do Náutico. Tanto nas quartas de final, contra o Paysandu, como diante do Juventude, nas semifinais, o atacante foi o responsável pela cobrança final que garantiu ambos os triunfos. Personalidade de alguém que já viveu altos e baixos na carreira, disputando a Liga dos Campeões, pelo Monaco, e colecionado outros títulos nacionais, como a Série A (2010 e 2012), pelo Fluminense, e a B pelo Atlético/GO (2016). "Fiquei desempregado depois que saí do Mônaco, mas graças a Deus recebi essa oportunidade de Dal Pozzo e aí está o resultado", disse o jogador.

Sem o mesmo currículo do companheiro de posição, Álvaro foi um dos últimos reforços a chegar para a Série C. O início foi tímido, mas quando chegou à fase de eliminação do torneio, Álvaro cresceu. O atacante marcou cinco gols pelo Timbu no mata-mata, terminando a competição como artilheiro do time, com seis tentos ao todo. "Cheguei quietinho, mas sabia do meu potencial. Agora é só comemorar", afirmou o jogador.

Leia também:
Náutico é campeão da Série C 2019
Saiba onde assistir Sampaio Corrêa x Náutico

Veja também

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo
Futebol

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano
Decisão

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano