Esportes

Alvirrubros emprestados seguem em atividade

Atletas do Náutico foram emprestados para diminuir peso na folha de pagamento e evitar longo tempo sem jogos

Luiz Henrique tem vínculo até 2021 com o clubeLuiz Henrique tem vínculo até 2021 com o clube - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

O fim precoce de temporada para o Náutico não significou o encerramento das atividades para um grupo de jogadores que, após a Série C, foi emprestado para outros clubes. Seis jogadores com contrato para a temporada seguinte foram cedidos temporariamente, atuando nas Séries A e B do Brasileiro e na Copa Paulista. Uns ainda não estrearam, outros são titulares absolutos e um deu um susto nos alvirrubros.

O zagueiro Sueliton e o volante Jobson estão no Red Bull/SP, que participa da Copa Paulista. O defensor é titular absoluto desde que chegou, enquanto o marcador ainda não entrou em campo. O time passou de fase na competição e começará a segunda etapa neste fim de semana, no Grupo 5, ao lado de Audax, Mirassol e Santo André.

Na Série B, o volante Jhonnatan, emprestado ao CSA, aguarda um documento de garantia da CBF para poder entrar em campo. O clube alagoano fez o pedido por precaução, já que o jogador já atuou por dois times diferentes na temporada – antes do Náutico, ele estava na Portuguesa/RJ. Emprestado ao Goiás, Robinho pode fazer sua estreia como titular hoje. O atacante de 19 anos já entrou em campo na vitória do Esmeraldino por 2x1 diante do Atlético/GO e deve substituir Michael, vetado por suspensão, no duelo perante o Paysandu, na Curuzu.

Fechando a lista da Série B, Wallace Pernambucano não esteve em campo na rodada passada, diante da Ponte Preta. A ausência não foi por motivos técnicos e sim clínicos. O meia se chocou de cabeça com um atleta do Oeste, no último fim de semana, e deu um susto nos torcedores ao cair desacordado e ser tirado de campo pela ambulância. Vetado perante os paulistas, o jogador já está recuperado e pode voltar aos gramados nos próximos compromissos.

O único representante dos emprestados na Série A é o volante Luiz Henrique. O jogador chegou a ficar no banco de reservas diante do São Paulo, mas não foi relacionado nos dois confrontos passados, diante de Palmeiras e Vasco.

Jefferson

Além do sexteto citado, o Náutico também tem outro emprestado em seu radar: o goleiro Jefferson. Esse, contudo, saiu ainda no início do ano, bem antes da Série C. Cedido até o final de 2018 ao Atlético/GO, o atleta é titular absoluto do clube que briga pelo acesso à Série A – o Dragão é o sexto colocado da Série B, com 43 pontos.

Leia também:
Náutico deve oficializar retorno de zagueiro Diego Silva
Náutico teve ano "econômico" de técnicos

Veja também

Bryan sai lesionado de jogo contra CSA e preocupa Náutico
Futebol

Bryan sai lesionado de jogo contra CSA e preocupa Náutico

Roberto lamenta repetição de erros, falta de concentração e analisa padrão da Série B
Futebol

Roberto lamenta repetição de erros, falta de concentração e analisa padrão da Série B