Esportes

Ana Ivanovic encerrou carreira por cansaço físico e mental

Ex-número 1 do mundo no tênis, Ivanovic deixou claro que não voltará a competir e não pretende virar técnica

Urna eletrônicaUrna eletrônica - Foto: José Cruz/Agência Brasil

A sérvia Ana Ivanovic, ex-número 1 do mundo no tênis, confessou neste sábado ter encerrado a carreira por não se sentir capaz física e mentalmente de continuar jogando, após sofrer com repetidas lesões nos últimos anos.

"Esses últimos anos foram uma luta permanente contra as lesões", declarou ao jornal inglês Times a tenista sérvia, afirmando que era uma batalha que travava dentro e fora das quadras.

"Quando olho para trás, acho que poderia ter feito um pouco mais, tudo acontece por um motivo", continuou.

Ivanovic, 29 anos, revelou também que sofreu com a pressão midiática e as expectativas: "Gerir toda essa responsabilidade foi difícil, porque eu era muito tímida quando era mais nova".

Casada neste ano com o jogador de futebol alemão Bastian Schweinsteiger, Ivanovic deixou claro que não voltará a competir e não pretende virar técnica.

"Não tenho nenhuma ambição de voltar, nem como treinadora. Estou muito feliz com a carreira que tive. Agora, é o momento de tentar outra coisa", concluiu a ex-tenista, que dedicará seu tempo a atividades filantrópicas.

Veja também

Bryan sai lesionado de jogo contra CSA e preocupa Náutico
Futebol

Bryan sai lesionado de jogo contra CSA e preocupa Náutico

Roberto lamenta repetição de erros, falta de concentração e analisa padrão da Série B
Futebol

Roberto lamenta repetição de erros, falta de concentração e analisa padrão da Série B