Anderson comenta sobre decisões por pênaltis e estuda batedores

Goleiro do Santa Cruz esteve presente nas três disputas por pênaltis do clube na temporada 2019

Goleiro Anderson, do Santa CruzGoleiro Anderson, do Santa Cruz - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O Santa Cruz pode disputar uma decisão por pênaltis pela quarta vez na temporada 2019. O goleiro Anderson esteve presente em todas elas. No último sábado, o Tricolor levou a melhor contra o CRB/AL nas penalidades (8x7) e se classificou para as semifinais da Copa do Nordeste. Por outro lado, a Cobra Coral foi eliminada precocemente nas quartas de final do Campeonato Pernambucano após perder para o Afogados da Ingazeira na penalidade máxima por 3x1. Antes disso, o Santa conseguiu derrotar o Náutico nas cobranças de pênaltis (4x2) e avançou à terceira fase da Copa do Brasil.

Leia também: 

Santa bate o CRB nos pênaltis e vai à semifinal do Nordestão 

Santa perde nos pênaltis e é eliminado dentro do Arruda 

Santa vence Náutico nos pênaltis e avança na Copa do Brasil 

Responsável por defender o oitavo e último pênalti do CRB/AL, o goleiro Anderson comentou sobre a possibilidade de voltar a decidir uma classificação nas penalidades, diante do ABC/RN, na próxima quarta-feira (10), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Para evitar as cobranças de pênalti, o Santa precisa vencer por uma vantagem de dois gols. Caso a vitória seja por apenas um gol de diferença, a decisão vai para as penalidades máximas. 

“A gente precisa sempre estar preparado para vencer no tempo normal ou nos pênaltis. Já vivemos todas as situações possíveis na temporada. Já estamos ‘cascudos’ e prontos”, simplificou o camisa 1.

Anderson ainda disse que procura analisar os batedores adversários. “Já peguei pênalti em final e fui campeão, assim como já defendi e perdi o jogo. A gente estuda bastante os cobradores juntamente com a análise de desempenho e o preparador de goleiros Renato (Pontes), até porque são várias possibilidades. Mas pode mudar na hora do jogo, então é preciso estar confiante para acertar o canto”, pontuou.

Veja também

Brasileira Duda Amorim recebe prêmio de melhor da década
Handebol

Brasileira Duda Amorim recebe prêmio de melhor da década

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Milwaukee Bucks
NBA

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Milwaukee Bucks