Anderson Varejão é dispensado pelo Warriors

Aos 34 anos, o pivô brasileiro aguarda propostas para continuar atuando na NBA

Varejão atuou em poucas partidas na temporada 2016/17 da Liga Varejão atuou em poucas partidas na temporada 2016/17 da Liga  - Foto: Alaor Filho/AGIF/COB

O sonho de compor o elenco mais estrelado da temporada 2016/2017 da principal franquia de basquete do mundo, a NBA, acabou nesta sexta-feira para o pivô brasileiro Anderson Varejão. Ele, que chegou ao Golden State Warriors na temporada passada, era apenas o terceiro na briga por posição e acabou dispensado.

Aos 34 anos, ele estava atrás do titular Zaza Pachulia e de JaVale McGee. Nesta edição da NBA, atuou em somente 14 partidas, uma apenas como titular. Nesses jogos, somou 18 pontos, deu dez assistências e recuperou 27 pontos. Especula-se que a saída dele está ligada ao interesse do GSW em abrir vaga no elenco. O ala-armador Briante Weber, da liga de desenvolvimento da NBA, estaria sob a mira da equipe.

Varejão ficará disponível no mercado por dois dias, prazo para assinar com algum time da liga interessado em bancar o seu atual contrato, de US$ 1,5 milhão (R$ 4,6 milhões), válido até o final da temporada. Caso não haja um acerto, ele ficará livre no mercado. O brasileiro foi considerado, por anos, um dos talentos mais promissores do País na NBA.

Contudo, teve a carreira prejudicada por sucessivas lesões, fator que minou uma possível conquista de regularidade. A trajetória dele no exterior começou na Espanha, com o Barcelona. Na sequência, defendeu o atual campeão da NBA Cleveland Cavaliers durante 12 anos, até ser dispensado e incorporado ao grupo do GSW.

Veja também

Vazam imagens das possíveis novas camisas do Sport
Sport

Vazam imagens das possíveis novas camisas do Sport

Proibido 80 anos atrás, futebol feminino no Brasil evolui e busca recuperar atraso
Futebol feminino

Proibido 80 anos atrás, futebol feminino no Brasil evolui e busca recuperar atraso