Anselmo, Maylson e mais três atletas treinam em separado para aprimorar parte física

Jogadores não defenderão o clube na sequência da Série B 2017

Anselmo e Maylson não vestirão mais a camisa alvirrubra em 2017Anselmo e Maylson não vestirão mais a camisa alvirrubra em 2017 - Foto: Anderson Stevens

Ledo engano. A diretoria de futebol do Náutico desmentiu nesta quarta (7) a informação de que o volante Maylson, o meia Jefferson Renan e os atacantes Anselmo, Willian Silva e Giva estariam fora da equipe. A versão oficial é de que o quinteto está “aprimorando a parte física” e ficará afastada do time principal durante esse período.

“É uma praxe no futebol. Os elencos se renovam. As peças são constantemente avaliadas e obviamente estamos passando por um processo de reformulação. Alguns atletas estão saindo e outros chegando. Para deixar o grupo mais homogêneo, decidimos que esses jogadores recebessem uma atenção diferenciada. Eles vão continuar em análise. Se acontecer uma situação diferente sobre uma permanência ou não, vamos analisar”, afirmou o vice-presidente do clube, Emerson Barbosa.  

Maylson e Anselmo estão negociando a permanência do clube desde o início do mês passado. A dupla, em princípio, foi dada como carta fora do baralho alvirrubro, ficando fora da lista de relacionados do técnico Waldemar Lemos na primeira rodada da Série B. Em seguida, porém, voltou a integrar o time, participando do jogo contra o Santa Cruz, na disputa do terceiro lugar do Estadual.

Contratado para ser a principal referência no setor ofensivo, o atacante Anselmo demorou a se firmar no time titular por conta de seguidas lesões. Ao todo, o centroavante de 36 anos disputou 12 partidas, balançando as redes em sete oportunidades.

Maylson não vem atuando com regularidade, sendo utilizado quase sempre como uma opção para o segundo tempo. O jogador fez 12 jogos no ano, marcando dois gols. No começo da temporada, ele se envolveu em uma polêmica após ter atirado um prato no ex-assistente técnico do clube, Wilton Bezerra, na época em que o Timbu era comandado por Dado Cavalcanti. Já Giva participou de 13 confrontos, marcando quatro gols.

Jefferson Renan e Willian

Contratado no início da temporada, Jefferson Renan não conseguiu se firmar na equipe do Náutico. Ao todo, foram 12 partidas e nenhum gol marcado. Já Willian Silva é um caso a ser analisado: o atleta colecionou lesões durante os primeiro meses no Timbu. Quando ficou apto para jogar, amargou o banco de reservas. Sua primeira partida com a camisa alvirrubra ocorreu apenas na rodada passada, entrando no decorrer do confronto perante o Oeste.

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz