Sport

Apesar de momentos distintos, Enderson Moreira prega respeito ao Santa antes de clássico

Treinador rubro-negro entende que equipe leonina tem que estar concentrada para sair de campo com os três pontos neste sábado (11)

Enderson Moreira, técnico do SportEnderson Moreira, técnico do Sport - Foto: Igor Cysneiros/Sport Club do Recife

Líder do Estadual, da Copa do Nordeste, além de ter o melhor ataque do Brasil. Este é o Sport versão 2023. Quem olha os números e tem acompanhado o desempenho em campo até aqui, não teria dúvida em apontar o Leão como favorito para o Clássico das Multidões deste sábado (11), pelo Pernambucano. 

Além de liderar com folga a competição com 24 pontos, o Leão tem o dobro de pontos do Santa Cruz, que ocupa apenas a 7ª colocação. Contudo, o técnico Enderson Moreira evitou qualquer tipo de favoritismo em prol de seus comandados. 

“O favoritismo entre dois grandes rivais, ele praticamente inexiste, apesar de ter classificações e pontuações bem diferentes. Já cansei de ver clássico quando um time está em um momento melhor, o outro em um pior, e tem um revés. A nossa preparação é para um jogo extremamente difícil”, contou Enderson.

Esta é a sexta vez que o treinador do Sport encara a Cobra Coral como técnico. A primeira sob o comando leonino. O retrospecto, no entanto, é favorável a Enderson. São três vitórias e duas derrotas, em passagens por América/MG, Bahia e Fortaleza. Agora, pelo Rubro-negro, entende que sua equipe deverá estar concentrada para sair de campo com o resultado positivo.

“É uma equipe tem que feito bons jogos, tem conquistado bons resultados e tem o nosso respeito. Nós sabemos que é um clássico, e que precisa ser disputado com muita concentração e energia”, completou.

Veja também

Verstappen segura pressão de Norris no fim e vence em Ímola em dia de homenagens a Senna
Fórmula 1

Verstappen segura pressão de Norris no fim e vence em Ímola em dia de homenagens a Senna

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou
Homenagem

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou

Newsletter