A-A+

Apesar do empate, Guto exalta pontos positivos no Sport

Treinador rubro-negro ressaltou os quatro desfalques que o time teve diante do Oeste e que mesmo assim estre perto de vencer

Treinador do Sport preferiu defender o seu elenco. Treinador do Sport preferiu defender o seu elenco.  - Foto: Paullo Allmeida/FolhaPE

Não foi a estreia que o torcedor rubro-negro sonhava no Brasileiro da Série B 2019. Longe disso. Um time apagado, sem criatividade, mas que jogava para o gasto e vencia mesmo sem brilho. Essa era o pensamento dos leoninos até os 48 minutos do segundo tempo, quando Bruno Paraíba se antecipou de Adryelson e marcou o gol de empate do Oeste, calando a Ilha do Retiro.

Ao término da partida, a decepção estava estampado nos rosto dos rubro-negros. Porém, na entrevista coletiva, o treinador Guto Ferreira preferiu adotar um estilo mais ameno, ressaltando que ainda é apenas a primeira rodada da competição. “Eu não vejo esse alarde todo. É apenas uma de 38 rodadas. Analiso que se você quer ter um plantel completo, você tem que dar ritmo, botar pra jogar, mas sabendo que o rendimento pode ser parcial. Mas o Sammir, por exemplo, me surpreendeu positivamente. Eu ainda esperava menos”, comentou Guto.

Questionado sobre a parte física do time, motivo de muitas críticas dos torcedores, o comandante rubro-negro também foi em defesa do elenco.  “Sobrar é sequência. Uma hora isso vai acontecer. Agora, estamos no nosso terceiro jogo seguido em alta intensidade. A queda física é natural. Além disso, tivemos quatro desfalques hoje. E mesmo com tudo isso, estivemos muito perto da vitória. Então, prefiro exaltar os pontos positivos", finalizou Guto Ferreira.

O Sport folga nos próximos dias e se reapresenta apenas na próxima terça-feira (02), visando o jogo contra o Bragantino, fora de casa, no dia 06/05 (segunda-feira).

Veja também

Sport é derrotado pelo São Paulo e vê permanência ainda mais distante
Série A

Sport é derrotado pelo São Paulo e vê permanência ainda mais distante

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores
Libertadores

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores