Esportes

Apesar do revés, Adriano elogia Santa e foca no Nordestão

Auxiliar técnico que comandou o time na derrota para o Botafogo/PB garantiu não faltar maturidade na equipe e já projeta duelo do Santa contra o ABC

Adriano Teixeira, auxiliar do Santa CruzAdriano Teixeira, auxiliar do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

Em uma das melhores partidas do time na temporada, o Santa Cruz acabou saindo de campo derrotado, na noite deste sábado (19), para o Botafogo/PB, no Arruda. Com PC Gusmão suspenso, quem comandou a equipe à beira do gramado foi o auxiliar Adriano Teixeira. Apesar do revés diante dos paraibanos, ele garante que não faltou maturidade aos atletas corais para segurar o resultado.

“Não faltou maturidade para nosso time. Este tipo de derrota dói um pouco, pelo que foi o jogo. Ficamos tristes pelo que foi apresentado em campo. Apesar da derrota, saímos com aquele sentimento que poderíamos ter matado o jogo e não conseguimos”, falou Adriano, que aproveitou para elogiar os visitantes. “Sabíamos que o Botafogo era uma equipe de qualidade e que não podíamos dar espaços, principalmente para o Marcos Aurélio. Mas pelo que fizemos, o resultado é injusto. Não podemos ficar se lamentando. Terça (22) já tem outro jogo importante.”

Apesar da derrota, o Tricolor foi superior ao adversário em grande parte do jogo, criando boas chances para matar a partida. Adriano elogiou as ocasiões criadas pelo Santa e a evolução da equipe dentro de campo.

“Tivemos boas oportunidades de fazer gols. Com Pitbull no final, com Maicon, e até com Vítor. Estamos evoluindo, mas ainda temos muito a melhorar. Agora é buscar fora, sabemos que perder em casa na Série C é duro”, declarou o auxiliar.

Copa do Nordeste

Passado o confronto contra o Botafogo/PB, o Santa Cruz já tem outro compromisso nesta terça-feira. Pelas quartas da Copa do Nordeste, o time do Arruda busca reverter o confronto diante do ABC. Depois de perder por 1x0, em Natal, a equipe coral precisa elevar o ânimo para sair com a classificação na competição nordestina.

“Sabemos que será um jogo difícil, complicado. Precisamos do resultado, contra uma boa equipe. Vamos jogar em casa, e temos que trabalhar a cabeça dos atletas para avançar na competição. Saímos hoje (sábado) com uma derrota complicada de engolir, mas é acalmar os ânimos, trabalhar o psicológico para focar no ABC”, finalizou Adriano Teixeira.

Veja também

"Quando vamos fazer algo?": Steve Kerr, técnico do Warriors, se emocionado após ataque em escola
ESTADOS UNIDOS

"Quando vamos fazer algo?": Steve Kerr, técnico do Warriors, se emocionado após ataque em escola

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly
Futebol

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly