Após cirurgia, Lucas Lyra tem piora de quadro e volta à UTI

Jovem está internado desde o dia 2 de fevereiro, depois de retirada da placa de titânio

Torcedor fez visita ao CT do Timbu em novembro do ano passadoTorcedor fez visita ao CT do Timbu em novembro do ano passado - Foto: Divulgação

Internado desde o dia 2 de fevereiro, no Real Hospital Português, no Recife, para realização de um procedimento cirúrgico, Lucas Lyra passa por mais um obstáculo em sua recuperação após o incidente do dia 16 de fevereiro de 2013, data em que o torcedor foi baleado antes de um jogo entre Náutico e Central, pelo Campeonato Pernambucano. Após fazer a retirada de uma placa de titânio da cabeça, o jovem de 23 anos precisou ser levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com a irmã de Lucas Lyra, Mirella, o quadro do jovem era estável, mas a família percebeu uma piora nos últimos dias. “Ele estava com dificuldade de respirar e de se alimentar. Hoje, precisou retornar para lá (UTI)” , afirmou. O Real Hospital Português ainda não repassou informações sobre o quadro de Lucas e deve emitir um boletim oficial nesta terça (21).

Com apenas 1% de chances de vida, como era dito pelos médicos, na ocasião, Lucas Lyra passou três anos e seis meses internado no Real Hospital Português. Em agosto do ano passado, ele teve alta médica e continuou o processo de recuperação em casa.

Veja também

João Menezes fica perto de vencer, mas leva virada de Cilic em Tóquio
Jogos Olímpicos

João Menezes fica perto de vencer, mas leva virada de Cilic em Tóquio

Zanetti, Caio Souza e Diogo Soares garantem finais individuais na ginástica
Jogos Olímpicos

Zanetti, Caio Souza e Diogo Soares garantem finais individuais na ginástica