Após drama pessoal, Léo Lima se emociona e mostra superação

O meia do Santa Cruz perdeu a sua esposa, mas encontrou forças para continuar jogando futebol

Experiente Léo LimaExperiente Léo Lima - Foto: Paullo Almeida/Folha de Pernambuco

Léo Lima viveu um drama particular ao perder a sua esposa Nathalia Solano, vítima de um câncer no estômago, no dia 31 de julho. Diante de tanta dor, o meia foi liberado pela diretoria do Santa Cruz e passou dez dias afastado do clube. Após ficar fora de três partidas – Paysandu/PA, Juventude/RS e Criciúma /SC –, ele decidiu retornar ao Arruda e voltou a jogar no último sábado, na derrota para o Guarani/SP por 2x0, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Leia também:

Após falecimento da esposa, Léo Lima recebe homenagens
Léo Lima perde esposa e viaja para o Rio de Janeiro

Mesmo comovido, o jogador teve forças e superação para continuar no futebol. Sua postura foi exaltada pelos companheiros do elenco e serviu de estímulo. Na coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (22), Léo Lima se emocionou ao lembrar da dor e do sofrimento.

“Todos sabem o que aconteceu. Foi uma perda e uma dor pra mim. Foi um impacto muito grande. Ela (esposa) faleceu dentro de casa. Mas não adianta parar ou ficar remoendo porque a vida segue. Infelizmente a perdi, mas tenho dois filhos para criar. Tenho um caráter muito grande. Dificilmente eu iria deixar meus companheiros na mão. Foi isso que motivou a minha volta. Sai do problema e vim tentar espairecer”, declarou.

Leia também:

Léo Lima perde esposa e viaja para o Rio de Janeiro  

Após falecimento da esposa, Léo Lima recebe homenagens 

Após dez dias fora, Léo Lima é reintegrado ao elenco e volta a treinar  

O experiente atleta também revelou que tem sido difícil dormir. “A cabeça vira, mexe e volta. Ontem foi um dia horrível pra mim. Bateu a saudade”, encerrou.

Veja também

Skatistas brasileiros iniciam temporada visando aos Jogos de Tóquio
Jogos Olímpicos

Skatistas brasileiros iniciam temporada visando aos Jogos de Tóquio

Com pandemia, principais maratonas se concentram no 2º semestre; veja calendário
Atletismo

Com pandemia, principais maratonas se concentram no 2º semestre; veja calendário