A-A+

Após elenco, Santa começa a pagar salários de abril aos funcionários

Parte dos departamentos já recebeu com antecedência a folha salarial. Previsão é concluir o depósito dos vencimentos do restante dos trabalhadores ainda esta semana

Funcionários no estádio do ArrudaFuncionários no estádio do Arruda - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Na semana passada, exatamente na estreia do Campeonato Brasileiro da Série C contra o Treze/PB, o Santa Cruz efetuou antecipadamente o pagamento dos salários de abril ao elenco. Na ocasião, o clube prometeu começar a pagar o mês quatro aos funcionários até a última sexta-feira. Segundo informações apuradas pela reportagem da Folha de Pernambuco, parte dos departamentos já recebeu com antecedência a folha salarial. A previsão é concluir o depósito dos vencimentos do restante dos trabalhadores ainda esta semana.

Leia também:

Santa paga salários de abril ao elenco, e funcionários recebem até sexta 

No fim do ano passado, antes do início do segundo ano de gestão, o presidente Constantino Júnior disse que iria fazer diferente no ano de 2019 em relação ao pagamento dos salários. Aos poucos, o Santa está resgatando a credibilidade após ter sua imagem arranhada devido às temporadas passadas, que foram marcadas por atrasos salariais recorrentes.

Com o Santa Cruz honrando os compromissos em dia, o ambiente no Arruda fica mais leve internamente. Até agora, o presidente Constantino Júnior está cumprindo a palavra.

Parcelamentos

Na semana passada, os funcionários do Santa Cruz receberam uma das três parcelas do acordo referente aos salários de 2018. Ainda há duas em aberto. Como foi feito o pacto? Os funcionários perdoaram 50% da dívida. Se "X" tinha R$ 6 mil em atraso, reduziu para R$ 3 mil, com o novo valor dividido em parcelas de R$ 500.

Veja também

Chamusca nega desconforto no clube e diz que não é momento de fazer cálculos para o G4
Futebol

Chamusca nega desconforto no clube e diz que não é momento de fazer cálculos para o G4

No Sport, Thiago Neves estava mais atrapalhando do que ajudando
Futebol

No Sport, Thiago Neves estava mais atrapalhando do que ajudando