A-A+

Após estreia, Misael é apresentado e fala em recomeço

Atacante estava jogando como meia no XV Piracicaba/SP e já entrou em campo pelo Tricolor, contra o Botafogo/PB

Misael posa ao lado de Luciano Sorriso Misael posa ao lado de Luciano Sorriso  - Foto: Daniel Lima/Cortesia

Após a estreia imediata no Santa Cruz, logo como titular no empate com o Botafogo/PB, o atacante Misael foi apresentado oficialmente pelo clube, na tarde desta terça-feira (14). A entrevista coletiva do recém-chegado, que está treinando há apenas uma semana com o elenco, foi concedida no estádio do Arruda. O novo reforço comentou sobre a sua primeira partida, nesta segunda (13), em João Pessoa. Ele jogou 61 minutos e foi substituído aos 16 do segundo tempo.

“Treinei uma semana, dois dias com o grupo inteiro. Estou muito feliz em vestir a camisa do Santa Cruz. Para mim é uma novidade na carreira. Joguei uma Série A2 do Paulistão muito disputada e fiquei com gostinho de acesso. Por pouco eu não consegui mais um acesso na minha carreira. Cheguei aqui com uma perspectiva muito boa e pude encarar um jogo difícil, mesmo há 15 dias sem jogar. Chego com sede de acesso”, declarou o jogador de 31 anos de idade.

Nesta temporada, Misael disputou o Campeonato Paulista da Série A2 pelo XV Piracicaba/SP, onde jogou 16 partidas e não marcou gol. Atacante de lado de ofício, o atleta disse que vinha atuando como meia no clube do interior de São Paulo, mas se colocou à disposição para exercer as duas funções. Ele também revelou que superou um drama familiar no ano passado - falecimento da sua mãe - e agora tem encarado a passagem no Arruda como um recomeço na carreira.

“Joguei praticamente minha carreira inteira como jogador de lado, na ponta. Este ano, comecei a ser meia. Este ano está sendo um recomeço porque passei por momentos difíceis no ano passado, com dificuldades e injustiças. Não cabe falar aqui, mas eu tive perdas complicadas, como a da minha mãe em 2018. É muito difícil, mas estou em um recomeço. Fui para o XV de Piracicaba, fui bem em uma posição diferente e chego aqui preparado para atuar tanto aberto como no meio. Estou disposto”, contou.

Depois de não ter conseguido o acesso pelo XV Piracicaba este ano no Paulistão, Misael quer colocar o Santa na Série B do Brasileirão e também levantar a taça. Os melhores momentos de Misael na carreira foram no Ceará, de 2009 a 2010, e no Luverdense/MT, em 2013 e 2014. “O torcedor tem bastante esperança de que eu repita o que fiz no clube cearense e no time de Lucas do Rio Verde. Sou um jogador muito motivado, mas sei das minhas limitações. Vou procurar melhorar a cada dia para aproveitar essa oportunidade. Estou com muita vontade”, pontuou.

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves