Após leitura labial da Globo, Fluminense cria comitê para pedir anulação de jogo

O comitê será formado por advogados e membros da diretoria

Encontro ocorreu no Recife, nesta quinta-feira (27)Encontro ocorreu no Recife, nesta quinta-feira (27) - Foto: Ana Luiza Machado/Divulgação

O Fluminense estava inclinado a desistir do pedido de anulação do clássico com o Flamengo, na última quinta-feira por conta do suposto uso de interferência externa na anulação do gol de Henrique. Porém, a matéria apresentada pela TV Globo, no programa Esporte Espetacular, fez com que o time carioca retomasse a ideia. Mais que isso, o Fluminense criou um comitê, formado por advogados e membros da diretoria. O material exibido pela televisão, com leitura labial dos personagens envolvidos no episódio fizeram com que o clube se enchesse de confiança por considerar, agora, haver provas robustas para a anulação do jogo.

E o pensamento não está errado, já que vai ao encontro com o que pensa o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que viu nas provas apresentadas pela TV Globo o suficiente para abrir um processo. O Fluminense tem até esta segunda (17) para oficializar o pedido. Fora a matéria da TV Globo, o Fluminense utilizará entrevistas dos jogadores do Flamengo confirmando que pressionaram o trio de arbitragem após serem informados que Henrique estava de fato impedido. Para o Fluminense, isso fica provado que houve interferência externa.

Além de tudo isso, vale citar o complicado momento político atravessado pelo Fluminense. Com muitas acusações e defesas, a atual gestão tem sido acusada pela oposição de falhar na defesa institucional. Isso foi mais um motivo que fez a diretoria ter certeza de que deve levar o pedido de anulação adiante.
Vale citar também que pela primeira vez em muitos anos o Fluminense não terá o advogado Mário Bittencourt defendendo o clube nos tribunais. Isso porque ele será candidato à presidência e abriu mão do contrato que tem com o clube. Mesmo assim, se ofereceu para defender o Fluminense sem custos, o que foi recusado pelo presidente Peter Siemsen.

Veja também

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival
Futebol

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão
Brasileirão

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão