Após longo intervalo, Teliana volta e sofre derrota

Pernambucana perdeu para a paraguaia Montserrat Gonzalez na estreia de um Challenger US$ 25 mil em São Paulo

Teliana Pereira, tenista pernambucanaTeliana Pereira, tenista pernambucana - Foto: SAEED KHAN/AFP

Sem disputar uma partida oficial desde junho do ano passado, a pernambucana Teliana Pereira voltou às quadras na noite desta quarta-feira (1º), no Torneio Internacional de Tênis Feminino - Ano III, evento da série Challenger, com premiação de U$ 25 mil, no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. O retorno, porém, foi com derrota para a paraguaia Montserrat Gonzalez (367ª), por 6/2 e 6/4.

Mas, para Teliana, que já chegou a ser a 43ª do ranking mundial, a felicidade de voltar ao circuito superou o resultado. "Senti muito a falta de ritmo de jogo e não consegui sentir bem a bola. Saí de quadra frustrada, mas ao mesmo tempo muito feliz por estar competindo novamente. A gente sempre quer ganhar, mas a falta de ritmo pesou," avaliou a brasileira.

Teliana chegou a abrir 4/1 no segundo set, mas não conseguiu manter a vantagem. Para ela, 441ª na WTA, que não jogava uma partida oficial desde junho, no ITF (Challenger) de Montpellier, o próximo destino é Curitiba para duas semanas de treinos e preparo físico. Depois seguirá para uma gira na Itália e na Tunísia.

 Depois de encerrar 2015 na 45ª posição mundial, ela teve uma temporada complicada em 2016 e, com a queda no ranking, encontrou dificuldades também em 2017. No ano passado, mesmo em torneios intermediários, ela não conseguiu bons resultados, além de ter sofrido com lesões, o que a fez encerrar a temporada mais cedo.  

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'