Após longo intervalo, Teliana volta e sofre derrota

Pernambucana perdeu para a paraguaia Montserrat Gonzalez na estreia de um Challenger US$ 25 mil em São Paulo

Teliana Pereira, tenista pernambucanaTeliana Pereira, tenista pernambucana - Foto: SAEED KHAN/AFP

Sem disputar uma partida oficial desde junho do ano passado, a pernambucana Teliana Pereira voltou às quadras na noite desta quarta-feira (1º), no Torneio Internacional de Tênis Feminino - Ano III, evento da série Challenger, com premiação de U$ 25 mil, no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. O retorno, porém, foi com derrota para a paraguaia Montserrat Gonzalez (367ª), por 6/2 e 6/4.

Mas, para Teliana, que já chegou a ser a 43ª do ranking mundial, a felicidade de voltar ao circuito superou o resultado. "Senti muito a falta de ritmo de jogo e não consegui sentir bem a bola. Saí de quadra frustrada, mas ao mesmo tempo muito feliz por estar competindo novamente. A gente sempre quer ganhar, mas a falta de ritmo pesou," avaliou a brasileira.

Teliana chegou a abrir 4/1 no segundo set, mas não conseguiu manter a vantagem. Para ela, 441ª na WTA, que não jogava uma partida oficial desde junho, no ITF (Challenger) de Montpellier, o próximo destino é Curitiba para duas semanas de treinos e preparo físico. Depois seguirá para uma gira na Itália e na Tunísia.

 Depois de encerrar 2015 na 45ª posição mundial, ela teve uma temporada complicada em 2016 e, com a queda no ranking, encontrou dificuldades também em 2017. No ano passado, mesmo em torneios intermediários, ela não conseguiu bons resultados, além de ter sofrido com lesões, o que a fez encerrar a temporada mais cedo.  

Veja também

Revelação na reta final da Série B, Thassio faz avaliação positiva de temporadaFutebol

Revelação na reta final da Série B, Thassio faz avaliação positiva de temporada

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos após competir com homensEUA

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos