Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0

Lateral-esquerdo Júnior Tavares foi expulso no primeiro tempo, após checagem do VAR

Com um a menos desde os 37 minutos do primeiro tempo, Sport perde para o Fluminense por 1 a 0Com um a menos desde os 37 minutos do primeiro tempo, Sport perde para o Fluminense por 1 a 0 - Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Após derrota para o Palmeiras, o Sport chegou ao Rio de Janeiro pressionado por um resultado positivo, buscando se distanciar da zona de rebaixamento. Do outro lado, estava um Fluminense tão pressionado quanto o Leão, após goleada sofrida na quarta-feira (13), por 5 a 0, contra o Corinthians. Na partida deste sábado (16), no Estádio Nilton Santos, o Sport perdeu para o Fluminense, pelo placar de 1 a 0. Pelo segundo jogo seguido, o VAR teve participação decisiva na partida. Aos 37 minutos, o árbitro de vídeo chamou o árbitro Heber Roberto Lopes para checar uma falta de Júnior Tavares em Calegari, e optou pela expulsão do lateral do Sport.

Com o resultado, o Leão permanece na 14ª posição e segue com 32 pontos. Agora, o Sport se prepara para a partida da próxima quinta-feira (21), às 21h, contra o Corinthians, na Neo Química Arena.

O primeiro tempo foi de pouco movimento, com o Sport com postura defensiva e de marcação forte, forçando erros do Fluminense, que se atrapalhava na construção das jogadas e na movimentação. A primeira chance de perigo foi do Sport, logo aos 2 minutos, quando a bola sobrou limpa para Marcão, após cobrança de escanteio, mas o volante rubro-negro chutou forte demais, e a bola foi para longe do gol. 

Aos 7 minutos acontece a primeira intervenção do VAR na partida. Em dividida na entrada da grande área, Lucca foi derrubado, e o árbitro Heber Roberto Lopes, que não havia marcado falta no lance, parou o jogo para ouvir recomendação do VAR, por um possível pênalti no camisa 7 tricolor. Após rápida análise, o jogo foi retomado, sem falta no lance. 

O jogo seguiu morno, com as equipes criando muito pouco, e só aos 30 minutos, o Sport chegou com perigo, após cruzamento de Raul Prata e finalização de Dalberto, quase na pequena área. O centroavante do Leão bateu rasteiro, mas Luccas Claro chegou em cima do lance para afastar.

Aos 37 minutos, a segunda intervenção do VAR na partida. Júnior Tavares entrou forte em Calegari, após dividida no meio-campo, e o lateral do Sport acabou pisando no lateral do Fluminense. Heber Roberto Lopes marcou falta no lance, mas o VAR chamou o árbitro para revisar e punir o lateral rubro-negro com um cartão vermelho. Após análise, o árbitro catarinense seguiu a sugestão do VAR, e expulsou Júnior Tavares.

Com um a menos, Jair Ventura rapidamente mexeu no time, tirando Marquinhos para a entrada de Sander, precisando fazer valer ainda mais a postura defensiva do Sport. Consequentemente, espaços começaram a se abrir na defesa rubro-negra, mas ainda assim o Fluminense não conseguiu chegar com perigo na área. Apenas na bola parada que o Tricolor levou perigo, após cobrança de escanteio de Danilo Barcelos, o zagueiro Luccas Claro subiu e cabeceou para baixo, mas a bola passou à esquerda de Luan Polli. 

No segundo tempo, o Fluminense voltou mais enérgico, e aproveitou a superioridade numérica. Logo aos 5 minutos, Calegari recebeu em profundidade pela direita, e cruzou com categoria para a pequena área, Lucca cabeceou, e a bola desviou em Patric, tirando Luan Polli da jogada, abrindo o placar no Nilton Santos. 
 
O gol colocou o Sport ainda mais para trás em campo, deixando o Fluminense tomar conta das ações. Aos 10 do segundo tempo, Fred toca de calcanhar e deixa Michel Araújo na cara do gol, o meia uruguaio encheu o pé e carimbou o travessão de Luan Polli. Aos 12 minutos, Matheus Ferraz cabeceou com perigo após cobrança de escanteio, a bola passou por cima do gol. 

Após o momento de pressão do Fluminense, o Sport passou a subir as linhas e apertar a saída de bola do Tricolor das Laranjeiras, e consegue alguns lances de bola parada. Aos 20 minutos, Patric cobrou falta para dentro da área, e Dalberto cabeceou firme. A bola explodiu na trave, e voltou para Adryelson, que bateu de primeira, mas a bola desviou em Matheus Ferraz, e foi para escanteio. 

Aos 24, Dalberto conseguiu desarme pela esquerda, carregou para dentro, e de pé esquerdo, mandou com força de fora da área, levando perigo ao gol de Marcos Felipe.

Em novo lance de bola parada, cobrado por Patric, Iago Maidana subiu para cabecear, mas a bola desviou primeiro em Matheus Ferraz, e apenas resvalou no zagueiro rubro-negro. A bola acabou indo por cima do gol. 

O Fluminense não conseguia criar oportunidades como no começo do segundo tempo, e o Sport melhorava na partida. Jair Ventura então sacou Adryelson e Raul Prata, para a entrada de Ricardinho e Hernane. 

Só aos 39 minutos, após entrada de Nenê e Felippe Cardoso, que o Fluminense conseguiu chegar novamente na área rubro-negra. Em cruzamento da direita, Felippe Cardoso perdeu chance incrível na pequena área. 

Aos 44 minutos, o Sport teve outra chance de bola parada. Marcão subiu bem na primeira trave, após escanteio cobrado por Patric, mas a bola passou por cima do gol.  

Com o Sport indo para o ataque, e tentando o empate a qualquer custo, deixou espaços para o Fluminense. Aos 47, Nenê finalizou dentro da área, após cruzamento da esquerda, e Luan Polli fez boa defesa, mandando para escanteio. 

Ficha Técnica

FLUMINENSE 1 X 0 SPORT
Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN) e Márcio Eustáquio Sousa Santiago (MG)
Gol: Lucca (FLU) aos 5'/2ºT
Cartões amarelos: Sander (Sport), Fred (Fluminense). 
Cartão vermelho: Júnior Tavares (Sport)

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz, Danilo Barcelos; Martinelli, Yago Felipe; Luiz Henrique (Caio Paulista), Michel Araújo (Nenê), Lucca (Hudson); Fred (Felippe Cardoso). Técnico: Marcão.

Sport: Luan Polli; Raul Prata (Hernane), Iago Maidana, Adryelson (Ricardinho), Júnior Tavares; Marcão Silva, Ronaldo (Ewerton), Betinho; Patric, Marquinhos (Sander); Dalberto (Mikael). Técnico: Jair Ventura.


 

Veja também

Náutico recusa proposta de R$ 1,5 milhão por Jean Carlos
Futebol

Náutico recusa proposta de R$ 1,5 milhão por Jean Carlos

Resende anuncia contratação de Cartolouco para disputa do Carioca
Futebol

Resende anuncia contratação de Cartolouco para disputa do Carioca