Após rápido acerto, Dado começa a trabalhar na reformulação do elenco

Anunciado nesta sexta-feira (2), novo técnico já iniciou as atividades no clube

Sede do TJPESede do TJPE - Foto: Reprodução / Internet

Não houve dificuldades para o acerto entre o Náutico e Dado Cavalcanti, anunciado como técnico do clube nesta sexta-feira (2). Em menos de 24 horas, tudo foi resolvido e o treinador já começa a trabalhar no processo de reformulação do elenco para a próxima temporada.

“Foi muito rápido e não houve demora, enrolação. As coisas foram diretas. Tive o primeiro contato ontem e hoje (sexta-feira) no final da manhã as negociações iniciaram. Meus empresários Nivaldo e Rodrigo foram ao clube, conversaram com a direção e por telefone fui dando as coordenadas. Sabia o que seria o Náutico para o ano que vem, a conversa foi rápida sobre a perspectiva de 2017, estabelecemos critérios e fechamos por um ano”, explicou o treinador.

O novo comandante alvirrubro está ciente do desejo da diretoria do Náutico em reformular o elenco e preparado para o desafio. Ele ainda terá o dever de trabalhar com os jogadores das divisões da base para completar o grupo para o Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série B.

“Já participei inicialmente desse processo. Estou ciente de que vai haver uma reformulação. Inclusive, já foi dito publicamente. Mas ainda não sabemos a quantidade. Obviamente, será necessário ter tranquilidade no inicio porque peças serão trocadas e a equipe ficará desconfigurada. O começo será difícil porque não teremos uma base. Vamos usar os jogadores formados no clube também. Já fiz esse tipo de trabalho e estou ciente das dificuldades para os primeiros meses de 2017”, reconheceu.

Dado Cavalcanti celebrou a oportunidade de iniciar o trabalho no Náutico. Em 2014, chegou durante a Série B, não pôde reforçar o elenco e o clube ainda passava por uma crise financeira com salários atrasados. Apesar da condição favorável de começar o ano e montar a equipe, o técnico também sabe da responsabilidade que tem no Timbu pelo jejum de títulos.

“É um desafio grande. Costumo dizer que nos maiores desafios estão as maiores oportunidades. Sei que o torcedor está carente de conquistas e eu levantei dois troféus esse ano. Espero que essa maré boa nos ajude a construir um trabalho. Diferente de 2014, desta vez vou poder começar na pré-temporada, aplicar os treinamentos e acho que tende a dar mais certo”, finalizou.

Veja também

CBB cancela Brasileiro Adulto 2020 e já planeja edição de 2021
Basquete

CBB cancela Brasileiro Adulto 2020 e já planeja edição de 2021

Sport e Santa se unem por ingressos solidários
Clássico das Multidões

Sport e Santa se unem por ingressos solidários