Após reportagem, projeto de jiu-jitsu recebe doação de quimonos

Iniciativa ainda pretende conseguir mais acessórios para ajudar em atividades complementares à prática do esporte

Leonardo Siqueira, um dos professores, e seus discípulosLeonardo Siqueira, um dos professores, e seus discípulos - Foto: Léo Malafaia

Na edição da última terça, a Folha de Pernambuco publicou uma reportagem sobre um projeto que visa ensinar gratuitamente jiu-jitsu para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Uma ideia que, assim como várias outras, necessita de apoio para prosseguir. A julgar pelas notícias recentes, os organizadores ganharam um estímulo maior para continuar apresentando os valores do esporte aos mais jovens. De acordo com o advogado Pedro Pedrosa, um dos idealizadores da iniciativa, após lançarem uma campanha pedindo doações de quimonos, 37 trajes foram repassados e, em breve, serão entregues para a garotada.

“Recebemos sete quimonos usados inicialmente e depois uma única pessoa doou mais 30. Eles ainda não foram entregues porque, como o projeto social é recente, temos o interesse também de falar com os pais para saber a vida das crianças mais de perto. Pretendemos em junho fazer uma confraternização, convidando os responsáveis pelos alunos para receber esses quimonos no evento”, explicou.

O projeto, de iniciativa da Igreja Presbiteriana A Ponte e do colégio GGE, que sede espaço para os treinamentos, conta com apoio dos professores voluntários Marco Jobim e Leonardo Siqueira, ambos faixa preta. Ao todo, 35 jovens de comunidades de Coqueiral e Sonho Meu, ambas localizadas em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, participam das aulas. As atividades acontecem dias de terça e quinta, das 15h às 17h.

Além dos quimonos, Pedrosa aponta que a ideia é lançar uma nova campanha para angariar mais acessórios, auxiliando no treinamento físico que complementa o esporte. “Precisamos também de alguns equipamentos para trabalhar a parte lúdica da modalidade. Sacos de passagem de guarda, cones, escadas, corda, entre outras coisas”, alertou.

Leia também:
Jiu-jitsu ajuda a formar cidadãos em Boa Viagem

Veja também

Vasco faz 3 a 0 no CRB e vence a primeira em casa na Série B
Campeonato Brasileiro

Vasco faz 3 a 0 no CRB e vence a primeira em casa na Série B

Vôlei: seleção feminina garante vice-liderança na Liga das Nações
Vôlei

Vôlei: seleção feminina garante vice-liderança na Liga das Nações