Após revés, Milton pede apoio da torcida na Arena

Treinador ressaltou importância dos alvirrubros no jogo da volta

Timbu precisa vencer por dois gols de diferença para avançar á finalTimbu precisa vencer por dois gols de diferença para avançar á final - Foto: Anderson Stevens

A derrota por 3x2 para o Sport, neste último domingo (16), na Ilha do Retiro, pela primeira partida da semifinal do Campeonato Pernambucano, vai ser difícil de ser digerida pelo Náutico. O contexto foi dos mais cruéis. Dois gols sofridos nos últimos cinco minutos mudaram a história do confronto e ajudaram a aumentar ainda mais a desconfiança dos torcedores na classificação à final. O cenário não é dos melhores, mas o Timbu tenta não jogar a toalha e trazer os alvirrubros para o duelo da volta, no próximo domingo (23), na Arena de Pernambuco.

“Fizemos dois gols fora e podemos fazer em casa também. A torcida precisa nos apoiar para a gente sair com a classificação. (A derrota) dói porque fizemos o primeiro gol, depois tomamos o empate e conseguirmos reverter. Mas pelo menos o nosso time mostrou brio e agora vamos jogar em casa. Conhecemos mais a Arena e espero que a gente possa fazer um grande jogo. Está tudo em aberto”, ressaltou Milton.

Além de lamentar os erros da equipe, o técnico também criticou a arbitragem de Wagner do Nascimento Magalhães. O homem do apito anulou um gol legítimo de Ewerton Páscoa, alegando falta do zagueiro em cima do goleiro Magrão.

“Foi um gol que até o goleiro falou que não foi falta. É inadmissível uma coisa dessas. Páscoa subiu por trás dele. Foi um erro que nos prejudicou”, lamentou. Após o jogo, o diretor de futebol do clube, Eduardo Henriques, também disparou contra o árbitro.

"A arbitragem foi em comum acordo porque o mando de campo era do Sport. Mas lá na Arena será árbitro de Pernambuco. Vamos acabar com essa situação. O Náutico não vai ser roubado mais", frisou.

Veja também

Acompanhe o lance a lance entre Fluminense x Sport
Serie A

Acompanhe o lance a lance entre Fluminense x Sport

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI
Futebol

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI