Após revés, tricolores reclamam do gramado do Ademir

Além do calor, o estado do campo em Paulista foi um dos obstáculos enfrentados pelos jogadores do Santa Cruz

Imagens de América x Santa Cruz pelo Estadual 2018Imagens de América x Santa Cruz pelo Estadual 2018 - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

 

Uma das queixas tanto do técnico Júnior Rocha como dos jogadores foi o estado do gramado do estádio Ademir Cunha. Logo depois da derrota para o América por 2x0, neste domingo (21), pela 2ª rodada do Campeonato Pernambucano, os tricolores se sentiram prejudicados por conta das condições do campo de jogo. Para o volante João Ananias, a expulsão de Ítalo no início do segundo tempo também atrapalhou a estratégia.

Leia também: 

Ainda sem vitória, Júnior Rocha pede paciência à torcida 

Santa é derrotado pelo América no Clássico da Amizade 

“A expulsão prejudicou muito, o gramado, mas bola para frente. A gente tem que jogar, dar a cara a tapa e sair dessa”, declarou o jogador. O técnico Júnior Rocha não culpou o revés por conta do gramado ruim, mas não deixou de criticar.

“Temos que ser inteligentes nas nossas colocações. Se olharmos para dentro dele já respondo a pergunta sobre gramado. Não tem como sair jogando em um gramado que não tem condições. No nosso (no Arruda) já é difícil, imagine esse. Não tem condições. A gente fez um jogo alternativo", disparou.

 

Veja também

CBB cancela Brasileiro Adulto 2020 e já planeja edição de 2021
Basquete

CBB cancela Brasileiro Adulto 2020 e já planeja edição de 2021

Sport e Santa se unem por ingressos solidários
Clássico das Multidões

Sport e Santa se unem por ingressos solidários