Após revés, tricolores reclamam do gramado do Ademir

Além do calor, o estado do campo em Paulista foi um dos obstáculos enfrentados pelos jogadores do Santa Cruz

Imagens de América x Santa Cruz pelo Estadual 2018Imagens de América x Santa Cruz pelo Estadual 2018 - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

 

Uma das queixas tanto do técnico Júnior Rocha como dos jogadores foi o estado do gramado do estádio Ademir Cunha. Logo depois da derrota para o América por 2x0, neste domingo (21), pela 2ª rodada do Campeonato Pernambucano, os tricolores se sentiram prejudicados por conta das condições do campo de jogo. Para o volante João Ananias, a expulsão de Ítalo no início do segundo tempo também atrapalhou a estratégia.

Leia também: 

Ainda sem vitória, Júnior Rocha pede paciência à torcida 

Santa é derrotado pelo América no Clássico da Amizade 

“A expulsão prejudicou muito, o gramado, mas bola para frente. A gente tem que jogar, dar a cara a tapa e sair dessa”, declarou o jogador. O técnico Júnior Rocha não culpou o revés por conta do gramado ruim, mas não deixou de criticar.

“Temos que ser inteligentes nas nossas colocações. Se olharmos para dentro dele já respondo a pergunta sobre gramado. Não tem como sair jogando em um gramado que não tem condições. No nosso (no Arruda) já é difícil, imagine esse. Não tem condições. A gente fez um jogo alternativo", disparou.

 

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'