Corridas de rua

Após um ano e sete meses, corridas de rua voltam a preencher o Recife

As provas "Mova-se Running Recife" e "Eu amo Recife" abrirão a temporada do esporte na capital

Mova-se Running Recife abordará temáticas ligadas ao Outubro RosaMova-se Running Recife abordará temáticas ligadas ao Outubro Rosa - Foto: Divulgação/Mova-se contra o Cancer

Pela primeira vez desde o agravamento da pandemia da Covid-19, a cidade do Recife voltará a receber as tradicionais corridas de ruas. O pontapé inicial será dado neste fim de semana. Em parceria com o Hospital do Câncer, a Mova-se Running Recife abre, neste domingo, às 7h, o calendário do esporte na capital pernambucana, trazendo discussões referentes à prevenção ao câncer de mama, em comemoração ao Outubro Rosa. 

A corrida será a primeira do evento Mova-se Contra o Câncer, que está na sua quarta edição. Além do esporte, a iniciativa trará palestras, neste sábado, a partir das 16h, sobre diversos assuntos que circundam o tema. Acontecerão no hall do Paço Alfândega, com transmissão pelo YouTube. A ação parte da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica - Regional NE e do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP). 

Kadu Lins, o organizador da prova, prevê a participação de 500 atletas e enaltece a ocasião. “A corrida veio em um bom momento para que a gente reabra um calendário de um evento que promove saúde e chame atenção, logicamente tomando todas as precauções necessárias, como só poder correr quem estiver vacinado”, comentou. “Esse evento já faz parte do calendário recifense como um alerta para os riscos do câncer de mama, e o Hospital de Câncer de Pernambuco sente-se honrado em poder participar dessa iniciativa e conscientizar cada vez mais pessoas”, afirmou o gerente de marketing e comunicação do HCP, Gustavo Penteado.

Os corredores sairão do Paço Alfândega e percorrerão um trajeto que engloba as pontes da cidade do Recife. Serão dois percursos com distâncias de 5 km e 10 km. Para participar, 90% dos atletas terão que estar com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em dia, e os outros 10% com a primeira e um teste negativo. As doses devem ter sido tomadas 14 dias antes da realização do evento.

Entre os atletas que irão participar deste reencontro com a corrida de rua no Recife está Rafaela de Paula, que vive um tratamento contra o câncer de mama. Em entrevista à Folha de Pernambuco, a corredora de 31 anos revela a importância física e psicológica que a prática do esporte teve durante o processo. 

“O esporte pra mim foi fundamental durante o tratamento, acelerando na recuperação da cirurgia e contribuindo para minimizar sintomas e ansiedade na quimioterapia. Ao me exercitar, me sinto viva, sinto gosto de liberdade, sinto ter mais disposição no meu dia, sinto vontade de me superar, de melhorar consciência corporal, de dar novos estímulos ao corpo, então tenho buscado estímulos diferentes. Estava ansiosa para voltar a correr”, declarou. 

Por conta das medidas de prevenção contra a pandemia da Covid-19, a liberação para a realização de corridas de rua depende da aprovação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Até o momento, apenas duas corridas de rua estão confirmadas para serem realizadas, a já mencionada Mova-se Running Recife e a “Eu Amo Recife”, que chega a sua oitava edição. 
 
Eu amo recife

Já consolidada como uma das principais corridas do Nordeste, a Eu Amo Recife, marcada para 4 de dezembro, será a primeira norturna desde o início da pandemia da Covid-19. Para o seu retorno às ruas da capital pernambucana, terá novidades em seu trajeto. Além das tradicionais 5 e 10 km, o percurso será expandido para os 21 km, adquirindo uma característica de meia-maratona.

A corrida, que surge de uma iniciativa do Instituto Incentiva, tem como objetivo enaltecer os principais pontos turísticos e culturais do Recife, passando por locais como a rua da Aurora, Ponte Princesa Isabel, Palácio do Governo, Ponte Giratória e Cais José Estelita. No decorrer do trajeto, haverá estações com músicas tradicionais de Pernambuco, DJs e orquestras de maracatu, imergindo os atletas na cultura local. 

Por conta da alta procura, a previsão é que as inscrições se esgotem ainda no segundo lote. Em média, o evento recebe quatro mil atletas por edição, porém, em 2021, por conta dos protocolos do Governo do Estado, este número cairá para 2,5 mil pessoas, limite permitido.

“Preenchemos mais de 50% em apenas duas semanas, é um recorde, nunca tivemos isso. Todos querem participar. A repercussão é imensa, estamos muito felizes de conseguir realizar essa prova depois de tanto tempo, mesmo com as restrições e o custo elevado. Gostaríamos de realizar o quanto antes porque sabemos da carência do amante de corrida”, revelou Eduardo Couceiro, um dos organizadores da prova.

Durante a sua execução, a corrida cumprirá os protocolos de segurança estabelecidos pelo Governo do Estado, como o uso de máscara nos espaços do evento, na largada e na chegada. Caso o competidor perca a sua, a organização do evento fornecerá uma descartável. As inscrições podem ser realizadas através do site do evento.

Temas das palestras

Diagnóstico Precoce e Cuidado com a Prevenção
Jurema Telles e com Candice Lima - Oncologistas clínicas 

Relação entre hereditariedade e câncer
Vandré Carneiro - diretor do programa de Câncer Hereditário e coordenador do Departamento de Cirurgia Pélvica (oncoginecologia) do Hospital de Câncer de Pernambuco. 

Importância das Atividades Físicas e da Qualidade de Vida
Kadu Lins - presidente do Instituto do Movimento, fundador do IMOVE e idealizador do Instituto do Autismo

A Preservação da Fertilidade e o Sonho de ser Mãe 
Paulo Mateus - Embriologista e Diretor Técnico-Científico do Criovidas Criopreservação, da Donare Banco de Óvulos e do laboratório de FIV da Rede Geare

Os desafios que a Gravidez pós Câncer de Mama pode trazer e quais os cuidados deste pré-natal
Simone Carvalho - Ginecologista e obstetra

Veja também

Náutico escolhe neste domingo (5) o novo presidente para o biênio 2022-2023Futebol

Náutico escolhe neste domingo (5) o novo presidente para o biênio 2022-2023

Palmeiras anuncia fim do vínculo com volante Felipe MeloFutebol

Palmeiras anuncia fim do vínculo com volante Felipe Melo