Esportes

Aposta na base pode virar realidade no Trio de Ferro

Sport já avisou que vai usar time sub-20 no Estadual. Náutico e Santa Cruz também se mostram propensos a fazer o mesmo

Audiência pública realizada nesta terça-feira pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS)Audiência pública realizada nesta terça-feira pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Encontrar, lapidar e vender. O garimpo do mundo da bola não é muito diferente da usual exploração. A diferença é que no futebol a joia não tem valor de marcado fixado assim que chega e também pode vir até o garimpeiro, mas é preciso ter olho clínico e paciência para saber o quanto aquela "pedra preciosa" pode render no futuro.

Após todo esse processo, é preciso saber a hora certa para colocá-la na vitrine. E seja por planejamento ou por pura necessidade financeira, tudo vai se encaminhando para que o Trio de Ferro aposte nos garotos da base para o começo do Campeonato Pernambucano.

No caso do Sport, a ideia faz parte do plano de gestão do novo presidente Arnaldo Barros, que voltou a afirmar ontem que a ideia é utilizar o sub-20, com algumas peças do elenco profissional, para a disputa do Estadual.

Tendo a Copa do Nordeste como prioridade, a ideia de Barros é ter dois técnicos, um para cada competição. No caso do PE, o técnico poderá utilizar peças pouco usadas no profissional, como Fábio, Oswaldo e até mesmo Neto Moura, que ainda não engrenou uma grande sequência.

Dos que ainda estão na base, nomes como Adryelson (zagueiro), Evandro (lateral-esquerdo, além de Juninho e Wallace (atacantes), que já passaram pelo profissional, podem ganhar reforços como Thallyson (volante), Pardal (meia) e Alisson (atacante), destaques do Sub-20 comandados pelo português Daniel Neri.

No Náutico, os que terão mais espaço no elenco profissional em 2017 já são, até certo ponto, conhecidos do torcedor. Atuaram em alguns jogos na atual temporada no Pernambucano e na Série B. Como por exemplo o volante Cal e os atacantes Odilávio, Léo Santos e Rogerinho. Todos participaram de poucas partidas e, a partir de agora, serão mais utilizados como parte do planejamento de transição de categorias planejada pelo clube. Na reta final deste ano, os jogadores voltaram à base para disputar competições importantes e retornam ao profissional no dia 2 de janeiro, no início da pré-temporada, já sob o comando de Dado Cavalcanti.

O técnico do Náutico Sub-20, Márcio Galuppo, conhece bem os atletas e aposta no potencial deles. A novidade da base na equipe profissional será o lateral-esquerdo Manoel. Como a diretoria só contratará um jogador para a posição, após as saídas de Gastón e Mateus Muller, o jovem atleta disputará posição com o novo reforço. “Ele se destaca pela força física e cruzamentos precisos. Tem tudo para brigar por uma vaga no time quando chegar no profissional”, pontuou.

Diante da dificuldade financeira atravessada pelo Santa Cruz, e que, inclusive, culminou com salários atrasados do elenco, além dos funcionários do clube, as categorias de base ganharão chance em 2017. Na última semana, a diretoria tricolor até já renovou com três jogadores do Sub-20. O atacante Léo Cotia estendeu seu vínculo com o tricolor até o fim do próximo ano, enquanto o volante Gabriel Leite e o meia-atacante André tiveram seus contratos prorrogados até dezembro de 2018.

Neste ano, outros quatro jogadores foram promovidos para a categoria de profissionais. É possível que Miller, Eduardo, Williams Luz e Léo sejam utilizados na temporada 2017. "Faz parte do nosso planejamento dar uma ênfase maior aos atletas oriundos da base. Sabemos que vai ser um ano difícil e esses atletas merecem uma chance, independente da nossa situação financeira. Certamente, a garotada vai fazer parte do nosso elenco no próximo ano", afirmou o coordenador técnico Ataíde Macedo.

Veja também

Com missão delicada, Sport recebe o Atlético-MG, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Brasil
Copa do Brasil

Com missão delicada, Sport recebe o Atlético-MG, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Brasil

"Não podemos mais oscilar", Paulo Sérgio prega virada de chave no Náutico na partida contra o Remo
Náutico

"Não podemos mais oscilar", Paulo Sérgio prega virada de chave no Náutico na partida contra o Remo

Newsletter