Futebol

“Aprenderam a conviver com a vitória”, diz Hélio em elogio aos atletas do Náutico

Timbu venceu o Brasil de Pelotas por 2x1, nos Aflitos, permanecendo invicto e na liderança da Série B, com 29 pontos

Hélio dos AnjosHélio dos Anjos - Foto: Tiago Caldas/CNC

Com apenas uma derrota na temporada, para o Sport, no Campeonato Pernambucano, o Náutico é o time que menos sofreu um revés entre os integrantes das três principais divisões do futebol brasileiro. Na Série B, são 13 jogos de invencibilidade, com oito vitórias e cinco empates. O triunfo mais recente foi diante do Brasil de Pelotas, por 2x1, nos Aflitos. Líder invicto do torneio, com 29 pontos, o Timbu segue colecionando conquistas. Mérito que o técnico Hélio dos Anjos sabe a quem endereçar.

“Isso é dos jogadores. Aprenderam a ganhar, a conviver com vitória. Temos consistência de trabalho, de ações positivas. Somos um time que perde pouco. A que menos perdeu no futebol brasileiro. Esse prazer de buscar a vitória é o que dificulta os adversários a ganharem da nossa equipe”, apontou. 

O próximo compromisso do Náutico na Série B será diante do Brusque, sábado (24), também nos Aflitos. “Será um jogo com característica diferente da que o Brasil apresentou. O time é mais leve, sai mais para o jogo, com alguma semelhança com nossa equipe. Também será difícil e vamos nos preparar bem”, apontou o treinador.

Se o Náutico não sair derrotado diante do Brusque, o clube vai igualar uma marca histórica do Vasco. Em 2014, os cariocas ficaram 14 partidas sem derrotas, da terceira até a 16ª rodada. Foram oito vitórias e seis empates. O Gigante da Colina terminou o campeonato em terceiro, com 63 pontos, conquistando o acesso.

Outros três clubes chegaram ainda mais longe. O São Caetano, em 2012, ficou da terceira até a 18ª rodada sem derrotas, totalizando 16 partidas. Foram nove vitórias e sete empates. Os paulistas, porém, não subiram de divisão, terminando em quinto lugar, com 71 pontos. 

Em 2008, o Corinthians passou 20 jogos sem derrotas, da 18ª até a 37ª rodada. Foram 15 vitórias e cinco empates. Os paulistas ganharam a Série B, com 85 pontos. O recorde, porém, é da Portuguesa, que ficou sem tropeçar também a partir da 18ª rodada, encerrando a competição somando ao menos um ponto nas 21 partidas restantes da Segundona. Foram 12 vitórias e nove empates, também faturando o caneco.

 

Veja também

Série D: Madureira busca reabilitação e São Bento tenta 1ª vitória
Série D

Série D: Madureira busca reabilitação e São Bento tenta 1ª vitória

Brasil vence Egito e se classifica para as semifinais
Jogos Olímpicos

Seleção Brasileira vence Egito e se classifica para as semifinais no futebol masculino