A-A+

Apresentado, Didira exalta projeto do Santa Cruz

"Não adianta ganhar rios de dinheiro e não ser feliz", disse o meia durante apresentação nesta sexta-feira

Didira disse não saber se retornará ao Santa CruzDidira disse não saber se retornará ao Santa Cruz - Foto: Rafael Melo / Santa Cruz

Sair do conforto na Série B e acertar a ida para um clube da Série C é uma missão acatada por poucos jogadores. Não foi o caso do meia Didira, ex-CSA/AL, que se encantou com o projeto do Santa Cruz e se torna um dos principais nomes no elenco de 2020. Apresentado na tarde desta sexta-feira, o atleta explicou as razões para aceitar as condições do Tricolor.

"Dinheiro não é tudo. Não adianta ganhar rios de dinheiro e não ser feliz. Recebi a proposta do Santa Cruz, vimos que era uma situação boa para ambos. É um projeto que tem tudo para levantar a equipe, que hoje está dormindo”, falou. Didira destaca que o momento atual da Cobra Coral não é condizente com sua história. "O clube não merecia estar passando por essa situação. Chego com a missão de recolocar o Santa Cruz onde ele deve ficar, que é a Série A. Espero fazer um grande ano, honrando essa camisa”, complementou.

Com características para comandar a transição da defesa ao ataque, o volante comentou que possui versatilidade para atuar em outras funções. “Não tenho preferência. Posso jogar como segundo volante, no meio, atuando pelas beiradas. Graças a Deus, tenho essa facilidade. Temos um grupo ciente das responsabilidades”

O jogador elencou alguns dos novos companheiros que conhecia previamente e destacou o lateral-direito Warley. Os dois estiveram juntos no CSA em 2019, quando o jovem foi emprestado pelo Santa aos alagoanos. “Conheço o Bileu, Pipico, Toty, Paulinho. O Júnior que jogou contra mim. Warley esteve comigo no CSA, um menino que vai crescer muito ainda no cenário do futebol, tem qualidade", enfatizou.

Veja também

Liverpool massacra United com Salah em ritmo de melhor do mundo
Futebol

Liverpool massacra United com Salah em ritmo de melhor do mundo

Final do I Open Outubro Rosa de Tênis Feminino movimenta clube no Recife neste domingo (24)
Tênis

Final do I Open Outubro Rosa de Tênis Feminino movimenta clube no Recife neste domingo (24)