Argentina esboçada para enfrentar Brasil

A equipe titular deve ser formada por esses nove jogadores e também o zagueiro Otamendi (Manchester City) e o lateral Emmanuel Más (San Lorenzo), que disputaram o “rachão”, que teve como destaque o atacante Lucas Pratto, do Atlético-MG.

Mendonça Filho (DEM)Mendonça Filho (DEM) - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

 

Treinando pela primeira vez com todos os jogadores à disposição, o técnico Edgardo Bauza esboçou o time titular que deverá enfrentar o Brasil. O goleiro Romero (Manchester United) foi alvo de finalizações de Zabaleta (Manchester City), Funes Mori (Everton), Enzo Perez (Valencia), Mascherano (Barcelona), Biglia (Lazio), Di María (PSG), Messi (Barcelona) e Higuain (Juventus), que foram poupados de um “rachão” em campo reduzido, do qual participaram todos os demais jogadores.
A equipe titular deve ser formada por esses nove jogadores e também o zagueiro Otamendi (Manchester City) e o lateral Emmanuel Más (San Lorenzo), que disputaram o “rachão”, que teve como destaque o atacante Lucas Pratto, do Atlético-MG. À vontade em sua casa, ele anotou dois gols e pode ser surpresa entre os 11 escolhidos por Bauza. Entre os que se dedicaram a finalizações de longa distância, o meia Di María acertou seguidos chutes no ângulo de Romero e destoou. Ao seu lado, Messi chutou poucas vezes e foi mais discreto.

Caso os jogadores poupados ontem sejam de fato titulares, Bauza colocará em campo ao menos sete jogadores que também participaram da final da Copa de 2014, contra a Alemanha, no Maracanã. Na ocasião, a seleção também ficou hospedada no centro de treinamento do Atlético-MG.

A Seleção Brasileira lidera as eliminatórias da Copa, com 21 pontos. Já a Argentina está fora da zona de classificação. Os rivais estão em sexto lugar, com apenas 16 pontos.

 

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'