"As vaias são da quinta-feira", afirma Nelsinho Baptista

Treinador do Sport afirmou que compreendo toda a insatisfação da torcida, mas exaltou potencia do grupo

Nelsinho Baptista, técnico do SportNelsinho Baptista, técnico do Sport - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Tentando juntar os cacos da eliminação precoce na Copa do Brasil e estancar a crise na Praça da Bandeira, o treinador Nelsinho Baptista se mostrou tranquilo sobre as vaias da torcida após o apito final neste domingo (18), na vitória diante do América. “Essas vaias são da quinta-feira (15) ainda e é completamente compreensível que o torcedor esteja chateado. Todos nós estamos e é preciso trabalhar ainda mais para reverter esse quadro”, comentou.

Sobre o jogo deste domingo, o comandante leonino admitiu que o time não fez uma grande apresentação, mas exaltou o fato de sua equipe ter mantido o controle da partida diante do Mequinha. “Em nenhum momento corremos risco e isso vai retomando a confiança dos jogadores. É importante conseguir esse equilíbrio e hoje tivemos isso”, pontuou.

Questionado sobre uma possível pressão no cargo, Nelsinho Baptista voltou a se mostrar tranquilo e reafirmou que tem total confiança no grupo, apesar de não descartar a chegada de reforços. “Não me sinto pressionado de modo algum. Não olho muito para isso. Olho para o trabalho e o potencial que temos para render. E isso eu sei que temos. O clube continua de olho em reforços. Teremos um Campeonato Brasileiro pela frente e estamos atentos ao mercado”, finalizou. 

Veja também

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)Futebol

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"Futebol

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"