Tênis

Ashleigh Barty vence Danielle Collins e conquista seu primeiro Aberto da Austrália

A vitória pôs fim ao jejum australiano, que já durava 44 anos

Número 1 do mundo, Ashleigh Barty conquistou seu primeiro Aberto da AustráliaNúmero 1 do mundo, Ashleigh Barty conquistou seu primeiro Aberto da Austrália - Foto: Martin KEEP / AFP

Número 1 do mundo, Ashleigh Barty conquistou seu primeiro Aberto da Austrália neste sábado ao derrotar a americana Danielle Collins (30ª) com parciais de 6-3 e 7-6 (7/2) na final e encerrou um jejum de 44 anos sem títulos em casa de tenistas de seu país.  

A australiana de 25 anos venceu assim, diante de sua torcida, seu terceiro torneio de Grand Slam depois de Roland Garros em 2019 e Wimbledon em 2021.

"É um sonho realizado, tenho muito orgulho de ser australiana!", vibrou a nova campeã enquanto levantava o troféu entregue pela ex-tenista e ídolo Evonne Goolagong. 

"Como australiana, o mais importante neste torneio é poder compartilhar com tantas pessoas e vocês, o público, vocês têm sido simplesmente excepcionais", disse ela.

"Mas para mim é mais sobre as memórias do que os troféus, são as memórias que fazemos de toda a jornada", acrescentou.

Barty levou a final sem jogar seu melhor tênis, e longe do domínio que mostrou em suas seis partidas anteriores neste primeiro Grand Slam do ano. 

Mas mesmo assim recebeu elogios de sua adversária deste sábado: "Parabéns a Ash por um torneio formidável, alguns anos formidáveis na verdade", disse uma emocionada Danielle Collins, que deve entrar no top 10 pela primeira vez quando o novo ranking for divulgado na segunda-feira. 

"A maneira como você joga e a variedade de golpes, espero que eu possa implementar um pouco disso no meu jogo", acrescentou a americana.

No primeiro set Barty salvou o único breakpoint que havia cedido e não falhou no único que teve a seu favor. 

Após 32 minutos, já havia cumprido metade do trabalho. 

Mas ela diminuiu seu desempenho no início do segundo set. Desperdiçou o serviço duas vezes em um único set, o dobro do número de games perdidos com saque a seu favor em relação às primeiras seis partidas (um break contra Anisimova nas oitavas de final). 

Dominada por 5-1 e cometendo um número inesperado de erros não forçados e duplas faltas, ela conseguiu uma recuperação incrível para empatar em 5-5. 

Collins ainda conseguiu levar a partida para o tie-break, mas Barty foi superior, tendo quatro match points e aproveitando logo o primeiro para garantir o título. 

Barty participou de seu 9º Aberto da Austrália, torneio no qual nunca havia passado das semifinais (2020). 

Em seu caminho para o título, ela eliminou quatro tenistas americanas em suas últimas quatro partidas: Amanda Anisimova nas oitavas de final, Jessica Pegula nas quartas, Madison Keys nas semifinais e Collins na final. 

Quando conquistou seu primeiro 'major' em 2019 em Roland Garros, a australiana havia derrotado as mesmas quatro adversárias: Pegula na 1ª fase, Collins na 2ª, Keys nas quartas e Anisimova nas semifinais. 

No processo, ela se tornou a única jogadora ativa ao lado de Serena Williams a vencer torneios de Grand Slam em todas as superfícies (duro, grama e saibro). Ela também é a primeira australiana a ganhar o título em Melbourne depois de Chris O'Neill em 1978.

No processo, ela se tornou a única jogadora em atividade, ao lado de Serena Williams, a vencer torneios de Grand Slam em todas as superfícies (dura, grama e saibro). 

Ela também é a primeira australiana a conquistar o título em Melbourne depois de Chris O'Neill em 1978.

A final masculina entre o russo Daniil Medvedev (2º) e o espanhol Rafael Nadal (5º) está marcada para a noite deste domingo, não antes das 19h30, no horário local (5h30 da manhã, horário de Brasília).

Veja também

Cristiano Ronaldo faz gesto obsceno após torcida rival entoar nome de Messi na Arábia Saudita; veja
Futebol Internacional

CR7 faz gesto obsceno após torcida rival entoar nome de Messi na Arábia Saudita; veja

Inter marca nos acréscimos, derrota Grêmio e garante a melhor campanha no Gaúcho
Futebol

Inter marca nos acréscimos, derrota Grêmio e garante a melhor campanha no Gaúcho