Futebol Internacional

Associação contra homofobia cobra PSG sobre ausência de Gueye diante do Montpellier

Acredita-se que o volante tenha negado a usar a camisa em apoio à causa LGBTQIAP+

Jogadores do PSG com camisa em apoio a LGBTQIAP+Jogadores do PSG com camisa em apoio a LGBTQIAP+ - Foto: Pascal GUYOT / AFP

Uma associação francesa contra a homofobia no esporte cobra explicações do jogador Idrissa Gueye e ao time pelo qual ele atua, Paris Saint-Germain (PSG), sobre sua ausência na partida contra Montpellier no último sábado. Acredita-se que ele tenha negado a usar a camisa em apoio à causa LGBTQIAP+, segundo o portal "L'Équipe". O senegalês de 32 anos também perdeu o jogo em 2021, quando todos os clubes usaram as cores do arco-íris, lembrou a agência "AFP".

“A homofobia não é uma opinião, mas um crime. A LFP (Liga de Futebol Profissional francesa) e o PSG devem pedir a Gana Gueye que se explique e muito rapidamente. E sancione se necessário”, escreveu a Rouge Direct no Twitter.

De acordo com o técnico Mauricio Pochettino, Gueye perdeu a partida do PSG por "razões pessoais", e não por lesão.

Considerando que todos os 20 clubes da Liga 1 usaram camisas com as cores do arco-íris, a rádio "RMC" concluiu que o meio-campista evitou deliberadamente o jogo para não vestir o uniforme.

“Reafirmamos nossa demanda: @PSG_inside deve ser firme e pedir explicações de Idrissa #Gueye para esclarecer este caso”, acrescentou a Rouge Direct.

Tanto a LFP quanto o PSG ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Veja também

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra
skimboard

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra

Olimpíadas: confira três atletas brasileiros que podem surpreender e conquistar medalhas inéditas
Jogos Olímpicos

Olimpíadas: confira três atletas brasileiros que podem surpreender e conquistar medalhas inéditas

Newsletter