Associação Criança Cidadã fatura 14 pódios no Estadual

Equipe da associação beneficente conquistou oito títulos, três vice-campeonatos e obteve outros três bronzes

Equipe de judô da ABCCEquipe de judô da ABCC - Foto: Cortesia

Oito medalhas de ouro, três de prata e três de bronze, totalizando 14 pódios. Esse foi o saldo da participação da equipe do projeto de inclusão social promovido pela Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), que disputou, no sábado (19), a segunda etapa do Campeonato Pernambucano de Judô. A competição foi realizada no ginásio da Secretaria Estadual de Educação e Esportes, no bairro da Várzea, e reuniu mais de 250 atletas, representando 31 entidades de várias regiões do Estado.

Os destaques da ABCC foram os judocas da categoria Sub-15, que garantiram quatro medalhas de ouro e uma de prata. Rayane Cordeiro, Tawane Soares, Tamires Augusto e Natanael Augusto subiram ao lugar mais cobiçado do pódio, enquanto Nayra Cristina ficou com o vice-campeonato.

Na Sub-11, Larissa Cavalcanti conquistou o ouro. Já José Daniel e Lucas Melo terminaram na terceira colocação. A turma da Sub-13 também fez bonito e assegurou quatro medalhas: Kamilly Karany e Taynara Maria (ouro), Júlia Franciele (prata) e Kauane Karany (bronze).

Oséias Silva e Ingrid Augusto se deram bem e levantaram o título da Sub-18, que teve ainda a prata de Sabrina Albert, além dos bronzes de Kaylane Karany e Ryann Henrique. “O resultado foi positivo porque nos oferece a condição de chegar à última etapa com boas chances de repetirmos a campanha do ano passado, quando conquistamos a segunda colocação geral do Pernambucano. A ABCC vem evoluindo a cada competição e isso nos permite acreditar que podemos chegar mais longe no futuro”, ressaltou o sensei Anderson Felipe, técnico da ABCC.

Veja também

Santa atribui mudanças na logística à bateria de testes de Covid-19
Santa Cruz

Santa atribui mudanças na logística à bateria de testes de Covid-19

Corinthians é impedido de voar à Argentina para disputar Libertadores feminina
Futebol

Corinthians é impedido de voar à Argentina para disputar Libertadores feminina